publicidade
10/08/17
Torcida invadiu estádio nesta quinta-feira. Foto: Dênis Cavalcanti/Replay/TV Jornal
Torcida invadiu estádio nesta quinta-feira. Foto: Dênis Cavalcanti/Replay/TV Jornal

Opinião: festejar agressão à imprensa não paga as contas do Santa Cruz

10 / ago
Publicado por Wladmir Paulino em Notícias às 18:17

Por Wladmir Paulino
@Wladmir_Paulino

Os torcedores que estiveram no Arruda na tarde desta quinta-feira (10) eram muito mais do que 50 ou 100 – os números variam. Haviam outras dezenas deles nas redes sociais em regojizo apenas pelo fato de o primeiro alvo ter sido a sala de imprensa do Arruda, causando pânico entre os jornalistas que fazem a cobertura diária do Santa Cruz. Quando você insufla a violência também está atirando a pedra e depredando um patrimônio. A troco de quê?

Respondo: pelo simples fato de profissionais que são pagos para informar, simplesmente informarem. A distância entre levar a notícia e criá-la é muito maior que o torcedor pensa. Suponhamos que ninguém noticiasse que o Santa Cruz deve salários ou que houvesse silêncio quanto ao fraco futebol mostrado nas últimas partidas. O torcedor realmente acredita que, milagrosamente, o dinheiro cairia nas contas dos jogadores ou o time sairia goleando todo mundo por 5×0? Claro que não!

Leia mais:

> Torcida invade o Arruda

Se a imprensa tivesse tanta influência assim no desempenho porque não congratulações na vitória? Ninguém ‘culpou’ jornalista pelo brilhante acesso em 2015. E nem deveria, porque o mérito foi de Grafite, João Paulo, Luisinho, Marcelo Martelote…

O pior de tudo é que é recorrente. No Arruda, na Ilha do Retiro, nos Aflitos. O próprio Santa Cruz foi alvo de atitudes bem semelhantes há três anos quando o time, em crise, não se classificou para a final do Nordestão e do Pernambucano, justamente no ano de seu centenário. A sala de imprensa foi a primeira vítima, de forma até mais perigosa porque os vândalos entraram no recinto.

Vivemos numa era em que a informação nos é bombardeada por todos os lados. E somos privilegiados por isso, pois temos inúmeras possibilidades de confrontar ideias, pesquisar fatos com mais profundidade e, principalmente, compartilhar todo esse conhecimento. Nem precisa tanto esforço para sair dessa bolha de ‘a culpa é da imprensa’. Não é a imprensa que marca uma data e não cumpre. Não é a imprensa que só tem X de orçamento mas monta uma folha de 3X. Não é a imprensa que promete mundos e fundos. Reflitam.



PUBLICIDADE
FECHAR