publicidade
17/07/17
Tricolor tem dois jogos seguidos em casa. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Tricolor tem dois jogos seguidos em casa. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Santa Cruz começa a semana de olho no G4 da Série B

17 / jul
Publicado por Thiago Wagner em Instant Articles às 8:01

Em busca de uma aproximação do G4 da Série B do Campeonato Brasileiro, o Santa Cruz começa a semana sonhando alto no que diz respeito ao objetivo traçado. Tudo por conta dos dois jogos em casa que o time tem na competição nacional – a Cobra Coral encara Vila Nova (amanhã) e Boa Esporte (sexta) na Arena de Pernambuco e mira duas vitórias para conseguir pelo menos uma posição melhor na classificação da Segundona, atualmente é o décimo com 19 pontos. Isso na pior das hipóteses porque a meta mesmo é entrar no grupo de quatro melhores da competição que conseguem o acesso para a Série A do ano que vem.

O próprio técnico Givanildo Oliveira traça essa meta para a equipe. Experiente em Série B com cinco acessos para a elite nacional no currículo, o treinador acredita que os seis pontos disputados no Recife devem levar o Tricolor para o G4 do nacional.

LEIA MAIS:
Tricolores destacam chances criadas pelo Santa Cruz no clássico

Givanildo lamenta empate do Santa Cruz e critica gramado

Náutico e Santa Cruz ficam em um 0x0 que é ruim para os dois na Série B

“Ganhando as duas partidas se não entrar no G4 vai ficar muito pertinho com certeza. Por isso a necessidade do torcedor vir e empurrar. Vamos agora pensar no jogo de terça e de sexta”, disse o comandante tricolor.

Givanildo, contudo, tem um desafio grande para alcançar suas metas. Com uma sequência forte de jogos, não tem tempo para treinar. Assim, não consegue com tanta facilidade dar a sua cara para a equipe do Santa Cruz. “Se estivesse no clube há três meses eu poderia fazer outro tipo de treino, mas estou somente há três jogos. Desde que eu cheguei não tem tempo para treinamento com o grupo”, reclamou o técnico após o empate em 0x0 com o Náutico, na Arena de Pernambuco, no último sábado.

Outro obstáculo que ele encontrará, pelo menos para o jogo contra o Vila Nova, nesta terça-feira, é a ausência do zagueiro Jaime, que recebeu o terceiro amarelo. A tendência é que Anderson Salles volte ao time titular. O treinador, porém, não confirmou quem vai entrar. “Ainda vou ver quem é o melhor. Como disse, não tem tempo para fazer treinamentos”, declarou.



PUBLICIDADE
FECHAR