publicidade
17/07/17
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Os pontos fortes de Sandro e Anderson Salles para a zaga do Santa Cruz

17 / jul
Publicado por Wladmir Paulino em Notícias às 18:37

Suspensão e desgaste físico podem fazer o Santa Cruz ter uma zaga inédita na Série B 2017. O zagueiro Jaime já está suspenso. O companheiro dele, Bruno Silva, está com ck alto – enzima que determina o grau de desgaste muscular, que deixa o atleta mais suscetível a lesões. Com isso, Sandro e Anderson Salles. O primeiro veio do Ceará e ainda não estreou com a camisa vermelha, preta e branca. O segundo estava machucado e já recuperado. Se Jaime não se recuperar, a dupla reserva pode até ser acionada. O comandante sabe o que vai fazer mas só anuncia a escalação momentos antes do apito inicial.

Leia mais:

Bruno Moraes grava vídeo e garante que não volta para o Santa Cruz

Com promocionais, Santa Cruz divulga preços dos ingressos contra Vila Nova

Caso Bruno jogue, os dois disputam uma vaga e cada um tem seu ponto forte para ser escolhido, de acordo com o próprio técnico Givanildo Oliveira. Salles tem mais tempo de Santa Cruz com o bônus de bom desempenho nas bolas paradas. Em cobranças de faltas e pênaltis ele divide a artilharia do time na temporada com Halef Pitbull, ambos com oito gols.

“Isso não deixa de ser uma característica forte dele, mas não é só por isso. Ele leva alguma vantagem por estar no clube há mais tempo”, pontuou.

Sandro fez apenas um coletivo sob o comando de Giva, mas conhecimento do defensor é o que não falta. Afinal, o zagueiro atuou com o técnico no Ceará até o mês de junho, quando o treinador foi demitido. “O Sandro só fez um coletivo, mas eu conheço ele porque foi meu jogador no Ceará”, pontuou.



PUBLICIDADE
FECHAR