publicidade
17/07/17
Presidente eleito concedeu entrevista para a TV JC. Foto: Divulgação/Náutico
Presidente eleito concedeu entrevista para a TV JC. Foto: Divulgação/Náutico

Novo presidente do Náutico trabalha para voltar aos Aflitos no 1º semestre de 2018

17 / jul
Publicado por Thiago Wagner em Instant Articles às 17:31

Agora presidente eleito do Náutico, Edno Melo já começa a arregaçar as mangas para planejar sua gestão, que começa a partir de janeiro do ano que vem. Entre as metas, o retorno aos Aflitos. Por mais que evite dar um prazo ou dato, Melo trabalha para que o time possa voltar a jogar no antigo estádio ainda no 1º semestre de 2018.

“As coisas estão andando e se a gente conseguir adequar o cronograma físico com o financeiro acho que pode voltar no primeiro semestre de 2018”, disse o presidente no programa Futebol Na Rede, da TV JC. Ele estava companhado do vice Diógenes Braga, que também reforçou a necessidade de retorno aos Aflitos.

LEIA MAIS:
Meia do Náutico garante tranquilidade e projeta pontuar fora de casa

“Não tem nenhuma dificuldade que seja maior do que o Náutico”, diz vice eleito

Edno Melo vai trabalhar com grupo de transição no Náutico

Aflitos: Edno Melo reforça “volta para casa” do Náutico

Presidente eleito do Náutico pede que resgate do clube comece

Tanto Melo como Braga participam da comissão paritária de reforma do estádio. Além da qualificação da parte estrutural das arquibancadas e instalações, será necessária também a troca do gramado e do sistema de drenagem. Essa etapa, contudo, está perto de ser superada já que o clube comprou o campo, que deve ser instalado ainda neste ano.

Com o retorno aos Aflitos, os novos comandantes do Náutico esperam mais receitas para o clube. “Hoje quem é contra os Aflitos é a favor da renúncia de receitas, seja por bilhetagem ou prismas. Se jogos da arena fossem nos Aflitos a história seria outra”, afirmou Edno.

O torcedor pode conferir a entrevista completa com Edno Melo e Diógenes Braga no vídeo abaixo. O papo começa a partir dos 20 minutos de programa.



PUBLICIDADE
FECHAR