publicidade
18/jun
Gilmar reestreou pelo Náutico no segundo tempo da derrota por 2x1 para o Boa Esporte. Foto: Divulgação/Náutico
Gilmar reestreou pelo Náutico no segundo tempo da derrota por 2x1 para o Boa Esporte. Foto: Divulgação/Náutico

Jogadores do Náutico pedem união para reverter momento na Série B

18 / jun
Publicado por Karoline Albuquerque em Multimídia às 9:10

Por Davi Saboya, da editoria de esportes do Jornal do Commercio – Após a sexta derrota na Série B por 2×1 para o Boa Esporte, fora de casa, no último sábado (17), os jogadores do Náutico pediram união entre elenco, diretoria e torcida para tirar o clube da zona de rebaixamento. Recém-chegado, o atacante Gilmar mostrou confiança na recuperação. “Conversamos que tínhamos 31 decisões. Agora temos 30. É um momento delicado, mas é preciso união entre jogadores, diretores e torcedores. Se não for dessa maneira, não vamos sair dessa situação. É um clube grande e eu acredito bastante”, afirmou.

De acordo com Gilmar, é um momento concentração para retomar a confiança, além de conseguir as vitórias para trazer o torcedor para o lado do time. “Agora temos que resgatar o nosso psicológico, a nossa auto-estima e nosso torcedor. Terça-feira já temos mais um jogo importantíssimo na arena contra o Goiás”, declarou o atacante, que reestreou pelo Náutico no segundo tempo da partida contra o Boa Esporte.

LEIA MAIS:

Beto Campos admite erros do Náutico após derrota para Boa Esporte

Náutico perde para Boa Esporte e segue sem vencer na Série B

O zagueiro Aislan deixou claro que só pode fazer parte da equipe do Náutico quem acreditar na recuperação. Ele admitiu que não esperava está na lanterna da Série B com apenas dois pontos vestido a camisa alvirrubra. “Se algum jogador não acreditar, tem que pegar a mala e deixa o time. Eu mesmo não esperava passar por esse momento. Quem entrar em campo tem que se entregar 100%”, finalizou o defensor.



PUBLICIDADE
FECHAR