publicidade
18/jun
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem.
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem.

Além dos gols, André se destaca na ajuda ao setor defensivo do Sport

18 / jun
Publicado por Wladmir Paulino em Notícias às 15:21

Embora tenha sofrido durante os meses de março e abril, quando a fonte de gols parecia ter secado, a classificação para a final da Copa do Nordeste deu novo impulso para o atacante André na temporada mesmo que o Sport não tenha superado o Bahia na final. A partir dali o camisa 90 encontrou uma regularidade de gols e consegue se destacar até em outros fundamentos no Brasileirão, pois é um dos melhores ‘ladrões’ de bola da equipe.

Foram oito jogos sem marcar até o gol que consolidou a vitória por 2×0 sobre o Santa Cruz na semifinal do Nordestão. Logo na partida seguinte, a primeira final com o Salgueiro, o centroavante balançou as redes no empate por 1×1. O melhor momento, no entanto, foi a primeira vitória do Sport no Brasileiro. Ele fez três gols no triunfo sobre o Grêmio por 4×3 (Matheus Ferraz marcou um) e pôde comemorar seu primeiro hat-trick (quando o jogador balança as redes três vezes na mesma partida) com a camisa vermelha e preta.

Leia mais:

Luxemburgo quer sequência forte de Diego Souza no Sport

Sport: Luxemburgo pede Magrão na seleção brasileira

> Conmebol divulga horários dos jogos do Sport na Sul-Americana

> Ronaldo Alves cauteloso sobre as metas do Sport no Brasileirão

Somado ao gol de pênalti na derrota para o Vasco, André chegou aos 4, sendo o quarto artilheiro da competição nacional. Ele também se destaca no aspecto finalização. É o atleta com melhor pontaria no elenco do Sport com sete bolas no endereço certo – também entram na conta as que são defendidas. Ele ainda tem sete assistências para finalização, sendo também o melhor neste fundamento.

No aspecto defensivo ele é o quarto melhor em desarmes, com nove bolas roubadas dos adversários, à frente do volante Rithely e dos zagueiros Durval e Ronaldo Alves. Fica atrás do volante Anselmo e do lateral-direito Samuel Xavier, ambos com 14; e do volante Patrick, com 11.



PUBLICIDADE
FECHAR