publicidade
16/maio
Tricolor ficou com a vaga na Copa do Nordeste. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Tricolor ficou com a vaga na Copa do Nordeste. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Santa Cruz sofre no fim, mas segura o Náutico e garante Nordestão

16 / maio
Publicado por Thiago Wagner em Instant Articles às 21:56

O empate em 1×1 contra o Náutico na noite desta terça-feira no Arruda garantiu mais do que apenas o terceiro lugar no Pernambucano para o Santa Cruz. Deu aos corais um pouco de sobrevida para 2018. Isso porque a disputa dá uma vaga na fase preliminar do Nordestão do ano que vem. Classificado para esta etapa do regional, o Tricolor ainda não tem a segurança de uma saúde financeira para o ano que vem. A Cobra Coral terá que passar para a fase de grupos para isso, mas pelo menos terá a chance de disputar algo, ao contrário do Timbu, que terá um 2018 difícil mais uma vez. Everton Santos abriu o placar para os tricolores, enquanto que Anselmo empatou para os alvirrubros, que ainda pressionaram no fim, mas sem sucesso. Os corais levaram a melhor porque ganharam a ida, na Arena de Pernambuco, por 2×1.

Agora as duas equipes se voltam para a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O Santa Cruz encara o Guarani, no Arruda, enquanto que o Náutico irá enfrentar o Figueirense, fora de casa.

LEIA MAIS:
> Confira os gols de Santa Cruz e Náutico na Rádio Jornal

> Confira as imagens de Santa Cruz e Náutico nas lentes da JC Imagem

> Eutrópio destaca valor do grupo em classificação do Santa Cruz

> Técnico do Náutico enxerga coisas boas, mesmo com perda do Nordestão

> Vice do Santa Cruz procura entendimento entre partes envolvidas no caso Thomás

> “Nem sabia que tava fora”, diz Anselmo sobre situação no Náutico

ERROS AJUDAM NAS CHANCES

Apesar de ser uma disputa sem graça, o jogo até que foi movimentado no aspecto das chances criadas. Tanto Santa Cruz como o Náutico tiveram oportunidades de fazer os seus gols. Só que esses lances não nasceram do poder de criação dos times, mas dos erros no gramado. Desarrumados e desentrosados, tricolores e alvirrubros erraram muito em campo e permitiram que as chances de perigo surgissem para ambos os lados.

Na hora de mandar a bola para o fundo das redes, contudo, novos erros. Várias foram as chances perdidas que poderiam ter ido para o gol, para frustração dos poucos torcedores presentes no estádio do Arruda.

Dentro desse contexto, se deu melhor quem aproveitou melhor as chances e quem errou menos dentro das quatro linhas. Nesse caso, foi o Santa Cruz, que conseguiu o seu gol com Everton Santos, ainda no fim do primeiro tempo, e largou na vantagem na partida. Destaque para o passe de Pereira, que deixou o jogador na cara do goleiro.

O Náutico até conseguiu balançar as redes nos minutos finais e pressionou um pouco, mas não chegou ao gol que iria levar a decisão para os pênaltis. Melhor para os corais, que respiram aliviados com a chance de disputar a fase preliminar da Copa do Nordeste.

E TOME VAIA

Acionado pelo técnico Vinícius Eutrópio durante o jogo, o meia Thomás foi bastante vaiado pela torcida do Santa Cruz. A bronca dos corais se deu por conta da especulação que o liga ao Sport nesta temporada. Pelo visto, os tricolores não gostaram nada da situação.

FICHA DA PARTIDA – SANTA CRUZ 1X1 NÁUTICO

Santa Cruz: Jacsson, Nininho, Bruno Silva, Jaime e Tiago Costa; Wellington Cézar, Gino e Pereira (Halef Pitbull); André Luís (Thomás), Éverton Santos e Barbio (Thiago Primão). Técnico: Vinícius Eutrópio.

Náutico: Jeferson, David, Tiago Alves, Nirley e Manoel; Darlan, Rodrigo Souza (Jefferson Renan), Cal (Maylson); Jefferson Nem, Erick (Anselmo) e Alison. Técnico: Waldemar Lemos.

Pernambucano (3º lugar). Local: Arruda, Recife (PE). Árbitro: Luiz Cláudio Sobral (PE). Auxiliares: Clóvis Amaral e Charles Rosas (ambos de PE). Gol: Everton Santos (SC) aos 47 minutos do 1º tempo; Anselmo (N) aos 39 do 2º. Cartões amarelos: Nirley (N), Rodrigo Souza (N), Thomás (SC), Manoel (N), Thiago Primão (SC), Alison (N), Darlan (N) e David (N). Público: 3.387. Renda: R$ 20.960.



PUBLICIDADE
FECHAR