publicidade
15/maio
Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Santa Cruz e Náutico fazem clássico insosso, mas que vale muito

15 / maio
Publicado por Thiago Wagner em Instant Articles às 21:50

Disputa de terceiro lugar é chata até em Copa do Mundo, é como dançar com a irmã em festa. No Pernambucano então é que não tem graça mesmo. Mas Santa Cruz e Náutico terão que superar esse clima insosso se quiserem disputar a Copa do Nordeste do ano que vem. A disputa do Estadual é o primeiro passo para uma das duas equipes conseguir chegar ao regional do ano que vem, a etapa seguinte é passar pelo mata-mata preliminar da própria competição. Portanto, nada de desmotivação no duelo desta terça-feira, no Arruda, pelo jogo de volta do confronto. Ficar em terceiro no Estadual pode não ser grande coisa para os dois clubes em termos de resultado, mas vale do ponto de vista financeiro.

LEIA MAIS:
> Sem Vítor, técnico do Santa Cruz tem que achar outro capitão

> Santa Cruz vai recorrer de punição do STJD

> Técnico do Náutico elogia o Santa Cruz e pede cautela para não tomar gols

> Volante do Náutico reconhece dificuldade, mas acredita em classificação contra o Santa Cruz

> Empresário de Ricardo Bueno confirma acerto com o Santa Cruz

Além do marasmo do interminável Pernambucano, as duas equipes terão que superar as mudanças. De um lado, o Santa Cruz encara alterações provocadas por conta do desgaste físico. Isso faz o técnico Vinícius Eutrópio ter dúvidas na definição da equipe. O lateral-direito Vítor (fraturas na tíbia e na fíbula), o meia Léo Costa (pé direito) e o atacante Júlio Sheik (panturrilha) estão vetados para o duelo. Em compensação, dois atletas que saíram do DM podem reaparecer: o meia Pereira e o atacante Halef Pitbull.

“Ficamos quase uma hora ontem falando sobre todos os aspectos do jogo, a oportunidade de cada um e a importância dessa classificação pro clube. Fico um pouco chateado e com as mãos atadas porque, numa partida tão importante como essa, deveríamos ter como nos prepararmos melhor. Os dois jogos foram em tempos tão curtos que não tivemos como ter todas as melhores opções. E isso só aumenta a nossa responsabilidade”, afirmou o técnico coral.

Já o Náutico enfrenta um desmanche no elenco. Os laterais Suelinton e Giovanni, os zagueiros Adalberto e Ewerton Páscoa, os meias Dudu e Marco Antônio e o atacante Juninho pediram para deixar o clube e não participam mais dos planos do técnico Waldemar Lemos, que terá uma equipe de meninos em campo.

“Não paro de estimular os jogadores nunca. Quem estiver sendo menos utilizado nos jogos, sempre procuro cobrar e pegar firme nos treinos. Faço isso para que saibam que posso contar com eles a qualquer momento. Por isso é importante estarem preparados”, alertou o alvirrubro.

A Cobra Coral parte com a vantagem já que venceu o primeiro confronto por 2×1 fora de casa. No Arruda, o time do técnico Vinícius Eutrópio joga pelo empate para garantir a classificação para o pré-Nordestão. Uma derrota por um gol de diferença leva a disputa para os pênaltis. Ao Timbu, só interessa a vitória por dois ou mais gols de diferença para obter a classificação direta.

FICHA DA PARTIDA – SANTA CRUZ X NÁUTICO

Santa Cruz: Julio Cesar; Nininho, Anderson Salles, Bruno Silva e Tiago Costa; Elicarlos, David e Thomás; André Luís, Everton Santos (Pereira) e Halef Pitbull. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Náutico: Jefferson; David, Tiago Alves, Nirley e Manoel; Darlan, Rodrigo Souza (João Ananias) e Cal Rodrigues; Erick, Jefferson Nem e Alison. Técnico: Waldemar Lemos.

Pernambucano (disputa do terceiro lugar). Local: Arruda, Recife (PE). Horário: 20h. Árbitro: Luiz Cláudio Sobral (PE). Assistentes: Clóvis Amaral e Charles Rosas (ambos de PE).



PUBLICIDADE
FECHAR