publicidade
19/abr
Foto: CBF.
Foto: CBF.

Retrospecto de Náutico e Sport com Daronco no apito é ruim

19 / abr
Publicado por Wladmir Paulino em Instant Articles às 20:24

Os caminhos de Náutico e Sport já cruzaram com o do árbitro gaúcho Anderson Daronco, que comanda o Clássico dos Clássicos do próximo domingo (23), que vai definir o segundo finalista do Campeonato Pernambucano 2017. Ele já apitou uma partida do Náutico e cinco do Sport. E o retrospecto não é bom para os velhos rivais.

O Timbu teve o juiz em seu jogo contra o Vasco, pela penúltima rodada do Brasileirão de 2013. Já rebaixado para a Série B, os alvirrubros perderam por 2×0. Quatro atletas alvirrubros tomaram cartão amarelo: Alison, Bruno Collaço, Maranhão e Martinez. Ninguém foi expulso.

> Náutico x Sport: Anselmo ignora provocação de Everton Felipe

> Anderson Daronco apita Náutico x Sport

Com o Sport os encontros foram maiores, principalmente nos últimos três anos por causa das participações consecutivas dos rubro-negros na Série A. O primeiro jogo, no entanto, aconteceu pela Série B. Fora de casa, o time da Ilha perdeu para o Goiás por 1×0. Apenas o volante Rithely foi advertido com cartão amerelo. Além dele, o goleiro Magrão ainda permanece no clube.

O jogo seguinte já foi pela Série A, em 2014. O Sport empatou com o Fluminense por 2×2 na Arena Pernambuco com gols de Mike e Joelinton. Durval, Renê e Mike tomaram amarelo. Ninguém foi para o vestiário mais cedo. No ano de 2015 a única vitória rubro-negra com Daronco no apito. O Sport fez 2×1 também em São Lourenço da Mata. Esse jogo marcou a estreia do atacante André, que, inclusive, deixou sua marca. O outro gol saiu dos pés de Wendel. Riascos descontou. Dois jogadores leoninos levaram amarelo: Samuel Xavier e o atacante Samuel.

O segundo empate já foi no Brasileirão de 2015 com o Atlético Paranaense. Marlone abriu o placar no primeiro tempo e Vilches empatou nos acréscimos. Ninguém levou cartão. Em compensação, no jogo mais recente choveram cartões amarelos. O Sport perdeu para o futuro campeão Palmeiras por 3×1 na Ilha do Retiro pela 13ª rodada do Brasileiro do ano passado. Agenor, Samuel Xavier, Matheus Ferraz e Rodney Wallace foram os advertidos pelo Sport. Outros cinco palmeirenses ficaram amarelados: Mina, Thiago Santos, Roger Guedes, Erik e Gabriel Jesus.

Ele foi o segundo árbitro que mais apresentou cartões no Brasileiro 2016, com 27 amarelos e um vermelho. Ele ingressou no quadro da Fifa em 2015, mesmo ano em que foi escolhido o melhor juiz do ano.

2017

Este ano o árbitro tem quatro arbitragens, todas em competições internacionais. No Sul-Americano sub-20 trabalhou no clássico Argentina 3×3 Uruguai. Foram nove amarelos e um vermelho. Na mesma competição mostrou outra chuva de advertências em Peru 1×1 Venezuela: 7 amarelos e um vermelho. Repetiu essa conta em Peru 1×2 Argentina. O trabalho mais recente foi na Copa Sul-Americana, com outro empate: Cerro Porteño 1×1 Caracas: 7 amarelos.



PUBLICIDADE
FECHAR