publicidade
16/abr
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem
Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

A hora dos artilheiros nas semifinais do Pernambucano: Anselmo

16 / abr
Publicado por Wladmir Paulino em Instant Articles às 13:01

Anselmo jogou pouco pelo Náutico neste Pernambucano, é verdade. Mas a média de gols dele é tão boa que o torcedor já pode estar imaginando quando ele tiver uma sequência mais longa. Foram oito partidas disputadas e cinco gols marcados. Uma prova que ele tem tudo para repetir os feitos pelo Fortaleza, quando marcou 23 gols em 50 jogos no ano passado e o fez chegar ao Timbu com o carimbo de titular. Terminou a temporada 2016 como terceiro maior artilheiro do Brasil.

Ainda em busca da melhor forma física estreou no banco de reservas contra o Santa Cruz, pelo Nordestão. Mas o pouco tempo não incomodou. Aos 45 minutos marcou o gol que fez a torcida alvirrubra cantar vitória nas cadeiras da Arena Pernambuco. Três minutos depois, Léo Costa decretou o empate numa cobrança de falta, jogando um balde de água fria no artilheiro.

> Milton pede inteligência ao Náutico em jogo de 180 minutos

Curiosamente foi contra o Santa o último jogo antes de enfrentar uma lesão grau dois no músculo reto femoral da coxa direita. Só voltou ao campo em 22 de março e em grande estilo contribuiu com dois gols para os 9×0 do Náutico em cima do Uniclinic na última rodada da fase de classificação do Nordestão. Se não deu para avançar às quartas de final, pelo menos Anselmo retomou o ritmo de jogo.

Sem o Nordestão e a Copa do Brasil ele pôde entrar num ritmo menos intenso no Pernambucano, o que contribuiu bastante para a contusão não voltar. Ainda marcou mais duas vezes na goleada por 5×0 sobre o Central na penúltima rodada do Hexagonal do Título.



PUBLICIDADE
FECHAR