publicidade
06/out
Jogador tem contrato de empréstimo até o fim do ano. Foto: JC Imagem
Jogador tem contrato de empréstimo até o fim do ano. Foto: JC Imagem

Flamengo faz proposta por Keno e São José espera resolver situação rápido

06 / out
Publicado por Thiago Wagner em Instant Articles às 15:02

Apesar do interesse de clubes como Santos, Palmeiras e Internacional, foi o Flamengo a fazer uma proposta oficial pelo atacante Keno, do Santa Cruz. Em entrevista ao Blog do Torcedor, o diretor João Locke, do São José-RS, clube que detém os direitos econômicos do jogador, confirmou que o clube carioca apresentou proposta de compra de direitos federativos do atleta.

“Tivemos reunião com Flamengo ontem (quarta) e eles fizeram uma proposta oficial. Mas ainda temos uma reunião com um grupo japonês nesta tarde. No mais não recebemos outras propostas. O que vejo são especulações pela imprensa como o interesse do Santos, Botafogo e Palmeiras”, disse Locke.

LEIA MAIS:
> Keno divide mérito do destaque na Série A com os companheiros do Santa Cruz

> “Não queremos ver o Santa Cruz na segunda divisão”, afirma o atacante Keno

> Apesar de especulações, Keno mantém foco no Santa Cruz

E se depender dos dirigentes gaúchos, a negociação de Keno deve ser fechada o mais rápido possível. A expectativa de João Locke é que o acerto, seja com o Flamengo ou o grupo japonês, seja fechado ainda nesta quinta-feira. “Não queremos arrastar muito essa negociação”, explicou o diretor.

Apesar do sentimento de ouvir outros clubes, o São José deixa as portas abertas para ouvir também uma proposta do Santa Cruz, mesmo com o prazo de prioridade para a compra de 60% dos direitos econômicos tendo expirado no dia 30 de setembro. “Temos mantido contato com o presidente Alírio sempre, mas documentalmente o compromisso terminou no dia 30. Claro que se o Santa vier com uma proposta vamos ouvir, porém, temos que atentar para outras possibilidades”, afirmou Locke.

Keno tem contrato de empréstimo até o fim desta temporada. E mesmo que não fique no Arruda no ano que vem, pode render algum dinheiro aos corais. Tudo por conta de uma porcentagem de 30% em cima de uma eventual venda. São os direitos de vitrine.


PUBLICIDADE
FECHAR