publicidade
27/set
João Ananias quer vitória sobre o Vasco para chegar ainda mais perto da classificação. Foto: Léo Lemos/Náutico
João Ananias quer vitória sobre o Vasco para chegar ainda mais perto da classificação. Foto: Léo Lemos/Náutico

Em onze rodadas, Náutico tem seis confrontos diretos pelo G4

27 / set
Publicado por Karoline Albuquerque em Náutico às 11:01

Ainda buscando seu lugar dentro do G4 do Campeonato Brasileiro da Série B, os jogadores do Náutico costumam acalmar os mais ansiosos com a afirmação de que é necessário ir jogo a jogo. Sem grandes ou largas projeções. Mas, nesta reta final de competição, o volante João Ananias arrisca analisar o futuro do time alvirrubro. Nas onze rodadas restantes da Segundona, o Timbu tem pela frente seis adversários que, até agora, estão a sua frente na tabela de classificação.

Os chamados confrontos diretos começam neste sábado (1º), contra o Vasco, na Arena Pernambuco, pela 28ª rodada. “Claro que o Vasco é o líder e é um confronto direto para o G4, mas também temos que pensar lá na frente, porque, ganhando do Vasco, temos confrontos diretos com Atlético-GO, Avaí. Esse jogo do Vasco é um fator importante para o resto do campeonato”, analisou João Ananias. Além dos times citados, os alvirrubros ainda vão encarar Brasil de Pelotas, Ceará, e CRB.

LEIA MAIS:

Náutico sofreu gols em quase dois terços das partidas da Série B

Titulares do Náutico fazem treino leve após vitória

Desfalque contra o Vasco, Gastón é o maior “ladrão” de bolas desta Série B

Para a partida contra o primeiro colocado da competição, o volante prega respeito, pede atenção e tranquilidade, mas quer a vitória dos mandantes. “Em casa, temos que ganhar de todo jeito. Respeitando a equipe do Vasco, jogo a jogo, mas se a gente ganhar, encostamos mais ainda no G4. Então, tem que ganhar, não importa como”, disse o alvirrubro.

O Náutico está a três pontos de distância da zona de acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro, com 39 conquistados, na 10ª colocação. A rodada do final de semana tem também outras duas brigas pelo G4, entre Ceará e Brasil de Pelotas, e Bahia contra Criciúma. Dependendo dos resultados, o Timbu pode terminar a rodada em uma das vagas.


PUBLICIDADE
FECHAR