Confira a classificação atualizada da Série A

tabela-série a

Satisfeito com desempenho do Sport, Baptista avalia destaques contra o Botafogo

Foto: Diego Nigro/Acervo  JC Imagem

Foto: Diego Nigro/Acervo JC Imagem

Satisfeito com o desempenho apresentado pelo Sport na noite deste domingo, o técnico Eduardo Baptista exaltou a eficiência e garra do time que empatou em 1×1 com o Botafogo, no Rio de Janeiro. O comandante rubro-negro chegou a citar nomes de jogadores que acredita terem sido fundamentais para garantir a pontuação fora de casa. Entre eles, o meia Diego Souza que abriu o placar em Volta Redonda.

>> Leia mais: Sport cede empate ao Botafogo e chega à sexta rodada sem vencer

“Acho que foi a melhor partida que o Diego fez pelo Sport. Tudo aquilo que combinamos antes, ele fez. Além do desempenho dele, gostei muito do trabalho do Wendel. Ele fez uma partida impecável, parecia até que vinha jogando como zagueiro há muito tempo. Confio nele e acho que ele cumpriu bem o papel que foi passado, sem oferecer risco nenhum à nossa defesa”, destacou Baptista.

Além deles, o treinador ainda elogiou a reestreia de Rodrigo Mancha e Ronaldo que se recuperaram de lesões e foram liberados pelo departamento médico recentemente. “O Mancha é a base de tudo o que a gente conquistou no primeiro semestre. É um cara que tem pegada em campo e sabe se posicionar. A equipe sentiu muita falta dele e fico feliz que ele esteja de volta. Já o Ronaldo é um menino em que confio muito. Já é um grande jogador no Sport e tem muito a crescer ainda. Meu papel é deixa-lo voar”, explicou.

E mesmo sem vencer há seis rodadas, o técnico acredita que o time rubro-negro precisa comemorar o resultado pelo futebol apresentado neste domingo. Para ele, o gol de empate do Botafogo foi uma infelicidade em meio a um jogo difícil. “É um ponto comemorado porque foi um jogo complicado, importante, e a gente fez por merecer. Precisamos levar essa partida como exemplo. Já falei a eles que precisamos manter essa pegada. A impressão que tive do gol é que  a bola realmente desviou em alguém, mas não houve falha”, avaliou Baptista.

Sport cede empate ao Botafogo e chega à sexta rodada sem vencer

Foto: Vitor Silva/SSPress

Foto: Vitor Silva/SSPress

Por pouco o Sport acabou com o jejum de cinco rodadas sem vencer, mas acabou cedendo o empate e ficou em 1×1 com o Botafogo na noite deste domingo, em Volta Redonda (RJ). A partida, válida pela 29ª rodada da Série A, foi equilibrada e começou com o Leão na frente. Aos 21 minutos do primeiro tempo, Diego Souza marcou um golaço – o segundo do meia com a camisa rubro-negra. Mas de tanto pressionar, o Fogão chegou ao empate com Wallyson na segunda etapa do jogo.

Assim como iniciou o jogo, o time rubro-negro ficou na 12ª colocação na tabela, agora com 37 pontos. Com sete pontos a menos, o alvinegro subiu duas posições e ficou na porta da zona de rebaixamento, sendo o 17º colocado. Na próxima rodada, o Sport recebe o Goiás na Ilha do Retiro. O jogo é na quarta (22), às 22h30 (horário de Brasília). No mesmo dia, o Botafogo vai ao Paraná, onde enfrenta o Coritiba.

>> Leia mais: Satisfeito com desempenho do Sport, Baptista avalia destaques contra o Botafogo

Jogo - Apesar de ter menor posse de bola, o Sport foi mais objetivo em campo e soube se aproveitar do erro e do desespero do Botafogo para sair à frente no placar. Se era um resultado das mudanças de Eduardo Baptista ou da palestra motivadora que tiveram com o ex-comandante do Bope não se sabe, mas os rubro-negros pareciam mais concentrados do que nas últimas rodadas.

Improvisado na defesa, já que Durval estava suspenso por ter levado o terceiro cartão amarelo na competição, o volante Wendel deu conta do trabalho e conseguiu segurar o ataque alvinegro. Recuperado de lesão e recém-liberado pelo departamento médico, Rodrigo Mancha foi outro destaque do primeiro tempo, inclusive quando em menos de dois minutos de jogo mandou uma bola na trave de Jefferson – a primeira jogada de perigo do jogo.

Em menos de sessenta segundos, foi a vez do Botafogo tentar abrir o placar. Henrique Mattos acabou se distraindo na saída de bola e foi desarmado por Wallyson que avançou com velocidade pela esquerda, mas acabou chutando cruzado para fora.

Só aos 21 minutos a rede balançou no Volta Redonda. Diego Souza recebeu de Henrique Mattos pouco depois do meio-campo e avançou com velocidade, jogada de perigo típica do Camisa 87 que colocou a zaga no bolso e marcou um golaço – o segundo do meia com a camisa rubro-negra. Depois, ainda mais pressionado pela torcida, o Fogão pareceu aceitar as vaias como incentivo e pressionou a zaga leonina, mas não conseguiu chegar ao empate antes do intervalo.

Na volta para o segundo tempo, as duas equipes voltaram com a mesma formação e pegada do primeiro tempo. Ambas com velocidade e posturas mais ofensivas. Desesperado pelo empate, o Botafogo chegou a cavar dois pênaltis: um com Jobson e depois com Rogério, mas o árbitro mineiro estava bem colocado em ambas as ocasiões e não marcou.

Sem precisar de simulação, o time carioca chegou ao empate aos 14 minutos com um toque rubro-negro. Em cobrança de falta, Wallyson mandou rasteiro. Magrão ainda ia chegar na bola, mas com desvio de Patric, o goleiro rubro-negro acabou se confundindo e não alcançou – 1×1.

Ficha Técnica: Botafogo 1 x 1 Sport

Botafogo: Jefferson; Régis (Andreazzi), Dankler, Matheus Menezes, Junior Cesar; Airton (Zeballos), Gabriel, Ramírez; Rogério, Wallyson e Jobson. Técnico: Vagner Mancini.

Sport: Magrão; Patric, Henrique Mattos, Wendel e Renê; Ronaldo, Rodrigo Mancha (Rithely), Ibson (Zé Mário) e Diego Souza; Felipe Azevedo (Érico Júnior) e Ananias. Técnico: Eduardo Baptista.

Campeonato Brasileiro (Série B) – 29ª rodada. Estádio: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ). Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG). Assistentes: Márcio Eustaquio Santiago e Celso Luiz da Silva (ambos de MG).
Gols: Diego Souza (21’/1ºT) e Wallysson (14’/2ºT)
Cartão amarelo: Ananias (45’/2ºT)
Público: 3.059
Renda: R$ 33.490

Confira a classificação atualizada da Série B

tabelasérieb

Recife Bom de Bola começa com mais de 100 jogos

1 rodada bom de bola 2014
A primeira rodada do campeonato Recife Bom de Bola 2014 movimentou vários bairros da cidade com cerca de 100 jogos realizados durante este final de semana (18 e 19/10). O pontapé inicial do maior torneio de futebol de várzea do mundo foi marcado pela alegria dos recifenses, que entraram em campo e torceram com animação. O torneio é realizado pela Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Esportes.

O Campo do Bueirão, na Torre, foi um dos locais que recebeu jogos da primeira rodada do Recife Bom de Bola 2014. Foi lá que o jovem Davidy Martineli, de 15 anos, fez sua estreia na competição, defendendo a equipe Garoto Revelação. “A gente fica nervoso, ansioso para jogar e fazer gol”, disse. Ele, que joga bola desde pequeno, acabou fazendo quatro dos seis gols na vitória do seu time sobre o RDL Cordeiro.

No Campo da Sudene, no Ipsep, um dos times chamou atenção pelo nome: era o Chelsea Futebol Clube, equipe da Imbiribeira inspirada no homônimo inglês que intensificou os treinos durante os últimos meses para brigar pelo primeiro lugar no torneio. “O time existe há seis anos. No ano passado, ficamos nas oitavas de final, mas esse ano queremos ir mais longe”, afirmou o diretor da equipe, Adriano da Silva. Em sua estreia, o Chelsea da Imbiribeira acabou empatando em 1×1 com o União F.C., de Boa Viagem.

“Esse campeonato é um lazer para as comunidades. A gente se distrai vendo os jogos, encontra os colegas que moram perto, conversa sobre futebol. É um divertimento muito grande”, comemorou Welington da Silva ao acompanhar os jogos realizados no Campo da Sudene, durante a manhã deste domingo .

Para o secretário de Esportes do Recife, George Braga, a segunda edição do campeonato Recife Bom de Bola deu um salto de qualidade em relação ao ano passado. “Melhoramos a organização, informatizamos as inscrições e vamos disponibilizar todos os dados dos jogos na internet. Além disso, mantemos o incentivo direto à revelação de talentos através da parceria com a Federação Pernambucana de Futebol que garantirá um contrato profissional para os 11 melhores jogadores da categoria Sub-17″, explicou.

Os resultados de todos os jogos da primeira rodada do Recife Bom de Bola 2014 e a tabela de classificações serão divulgados no blog oficial do campeonato: www.recifebomdebola.wordpress.com.

Mais detalhes do Recife Bom de Bola vocês conferem ao longo da semana aqui no Blog e também no programa Replay, da Tv Jornal.

Jobson é a esperança do Botafogo no jogo contra o Sport

Foto: Reprodução/UOL

Foto: Reprodução/UOL


O atacante Jobson é a esperança do Botafogo para o jogo contra o Sport, neste domingo, às 18h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), válido pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O seu retorno para o clube era tratado com ressalvas por causa de atos de indisciplinas cometidos por ele no passado. No entanto, diante da crise vivida pelo clube, o técnico Vagner Mancini confia que o jogador pode ser um reforço importante na luta contra o rebaixamento.

“Ele pode dar um alento diferente com um drible, chute, qualquer coisa diferente do que está sendo feito. Quando o time tem um atleta novo, vai contagiar os outros atletas com esse desejo que ele tem de atuar”, disse o treinador. Após uma passar por um imbróglio com a federação da Arábia Saudita, onde jogava antes de voltar ao Brasil, o jogador recebeu do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) liberação para jogar.

Vagner Mancini também espera contar com o lateral-esquerdo Junior Cesar, que se recupera se contusão. Em situação semelhante, o zagueiro André Bahia ainda não deve ter condições físicas de voltar nesta partida.

Outro reforço é o goleiro Jefferson, que retorna ao time após a polêmica criada por causa de sua ausência no jogo da última quinta-feira com o Santos, pela Copa do Brasil. O jogador lamentou a eliminação do time da competição, mas viu um ponto positivo: poder focar no Brasileirão. “Acho que não teríamos uma concentração total para se dividir entre essas duas competições. Agora é virar a página e se concentrar nesses 10 jogos do Campeonato Brasileiro”, explicou.

O Botafogo é o 19.º colocado da competição e uma vitória sobre o Sport pode tirá-lo da zona de rebaixamento, mas vai depender de uma combinação de resultados.

Seleção feita para gringo ver

Foto: Site CBF

Foto: Site CBF

Do JC on Line- Por Alexandre Arditti

Um dos principais símbolos do orgulho nacional, a seleção vem se transformando cada vez mais em uma “estranha” para os fãs brasileiros de futebol. Reflexo imediato do distanciamento da equipe canarinho de seu próprio País. Tirando as partidas oficiais pelas Copas das Confederações (2013) e do Mundo (2014), o time entrou em campo 21 vezes nas últimas duas temporadas, sendo apenas seis delas no Brasil. Desproporção que vai aumentar mais até o fim deste ano, uma vez que a equipe do técnico Dunga tem mais dois amistosos marcados, ambos em novembro no exterior – no dia 12, contra a Turquia em Istambul, e, no dia 18, ante a Áustria em Viena.

“Realmente, no passado, havia uma maior identidade entre os torcedores e a seleção brasileira. O fato de atuar constantemente fora do País vem aumentando o distanciamento do povo com a equipe e esfriando a paixão que existia”, avaliou Túlio Velho Barreto, pesquisador da Fundação Joaquim Nabuco.

Havia uma esperança grande entre os brasileiros de que, com o investimento bilionário para a construção de 14 arenas – doze delas para a Copa do Mundo, a seleção passasse a atuar mais em seu próprio País. No entanto, Neymar e companhia só deverão dar o ar da graça nos modernos estádios nacionais em partidas oficiais válidas pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa-2018, que começam a ser disputadas no ano que vem. Já os amistosos continuarão concentrados nos Estados Unidos e na Ásia.

Essa “mudança de endereço” da seleção é consequência da política comercial da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que vendeu no fim de 2012 os direitos de organizar os amistosos para uma empresa da Arábia Saudita, a ISE, sediada nas Ilhas Cayman. Os sauditas pagam cerca de R$ 2,1 milhões por jogo à CBF e passam a ter autonomia para escolher os locais dos confrontos e os adversários, afinal, são eles quem vão explorar comercialmente cada partida (direitos de transmissão, bilheteria e placas de publicidade).

A empresa saudita considera os mercados norte-americano e asiático como os mais importantes para potencializar os seus lucros. Não à toa, de fevereiro de 2013 para cá, a seleção brasileira atuou quatro vezes nos Estados Unidos e outras quatro na Ásia (duas na China, uma em Seul e outra em Cingapura). No mesmo período, foram só seis partidas no Brasil (Goiânia, duas vezes, e São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, uma cada).

O contrato da CBF com a ISE para a exploração das partidas da seleção se estendem até 2022. Até lá, o torcedor brasileiro tem que se preparar para ver as partidas pela TV. “Mas mesmo à distância, a seleção está reconquistando os torcedores brasileiros. A relação andava meio abalada desde aquela derrota humilhante para a Alemanha, por 7×1, nas semifinais da Copa. Mas as vitórias nos amistosos certamente vão reaquecer a paixão pela equipe que representa o nosso País”, considerou o autônomo Esdras Macêdo, de 49 anos, que se considera um “superfã” do time canarinho. “Temos agora estádios modernos, e o torcedor vai cobrar partidas da seleção em seus Estados. Isso é natural”, completou.

Enquanto a seleção principal atua mundo afora, a CBF quer que, pelo menos, a equipe olímpica (sub-23) jogue o máximo possível no Brasil no ano que vem e assim “aqueça” a paixão da torcida. A entidade diz que a prioridade é apresentar os atletas para os torcedores, afinal a maioria deles estarão em campo nas Olimpíadas do Rio-2016.

Blog vai levar ídolos à casa do torcedor

Jogando em casa

O Blog do Torcedor e o programa Replay fazem uma nova tabelinha para presentear ainda mais telespectadores e internautas.

O torcedor agora vai ter uma oportunidade especial de receber o ídolo do time de coração na própria residência. É o espaço “Jogando em casa”.

Para receber o jogador em casa, o torcedor vai ter que contar detalhes da admiração pelo time e pelo atleta através do email blogdotorcedor@ne10.com.br  ou pelo nosso twitter @blogdotorcedor.

Ah, a visita  também vai ser registrada pela equipe do programa Replay e vai ser exibida na Tv Jornal.

Participem!

Página 1 de 6.8561234567Última »