Confira as classificações das Séries A e B

Série A

seriea

Série B

serieb

Fonte: UOL

Felipe Azevedo diz que aceitou bem a reserva no Sport

Atacante marcou no segundo tempo. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Atacante marcou no segundo tempo. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Autor do gol da vitória do Sport contra o Coritiba, neste domingo, pela Série A, o atacante Felipe Azevedo disse que assimilou bem o banco de reservas na partida. Segundo ele, a reserva, assim como as críticas, são normais no mundo do futebol.

“Eu sei como é. A cobrança existe em qualquer lugar. Não é só aqui no Sport. Estou há dois anos no clube e sei como é. A torcida vive o momento. Quando venceu o Internacional ninguém pediu o Neto Baiano. Depois foram pedir de volta”, afirmou.

LEIA MAIS:
> Criticado Felipe Azevedo salva o Sport contra o Coritiba

Felipe Azevedo ficou no banco durante o jogo e só entrou no segundo tempo. Ainda assim, teve estrela para marcar o gol decisivo. “Estou muito feliz pelo gol”.

O atacante ainda encontrou bom humor com as críticas dos torcedores. “Quando eu estava aquecendo ficaram dizendo para ficar no banco e fiz uma jóia. Foi tranquilo. O Eduardo pediu para segurar e aceitei”.

Técnico do Sport diz que deixou Azevedo no banco para preservá-lo

eduardo-baptista

O técnico Eduardo Baptista argumentou que deixou o atacante Felipe Azevedo no banco de reservas para preservar o jogador, que vinha sendo alvo de muitas críticas por parte da torcida rubro-negra ultimamente. Acabou que deu certo porque Felipe veio da reserva e marcou o gol da vitória do Sport por 1×0 sobre o Coritiba, neste domingo, na Ilha do Retiro. A atuação decisiva de Azevedo obviamente rendeu elogios do comandante.

“Entrou e decidiu bem a partida. Quando vamos enfrentar as outras equipes, todos temem o Felipe. Porque ele compõe bem. Só que o Danilo vinha bem e preferi fazer o Azevedo descansar. Existe hora que tem que tirar o foco do jogador para ele ficar tranquilo”.

LEIA MAIS:
> Criticado Felipe Azevedo salva o Sport contra o Coritiba

Além de Felipe, Eduardo Baptista também elogiou atuação do meia Diego Souza e do zagueiro Henrique Mattos. Pontuou que ambos ainda não estão nas melhores condições, mas destacou a participação deles na partida. “Conheço o Diego e sei que está muito abaixo, mas está evoluindo”.

Sobre a saída de Ibson durante a partida, Baptista argumentou que o meia sentiu o ritmo da partida e que precisava de velocidade no jogo. “Eu precisa de velocidade pelos lados e achava que ia funcionar com o Ananias”.

Nas ondas do rádio: confira o gol de Felipe Azevedo contra o Coritiba

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Felipe Azevedo foi o grande salvador do Sport ao marcar o gol da vitória leonina por 1×0 sobre o Coritiba, neste domingo, na Ilha do Retiro, pela Série A. Abaixo, a narração do gol dele na voz marcante de Aroldo Costa, da Rádio Jornal:

Criticado Felipe Azevedo salva o Sport contra o Coritiba

Atacante marcou no segundo tempo. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Atacante marcou no segundo tempo. Foto: Guga Matos/JC Imagem

No dia em que o ataque do Sport perdeu muitas chances, principalmente no primeiro tempo, coube a um jogador criticado justamente por perder gols dar a vitória para o Leão, neste domingo, na Ilha do Retiro. Vaiado no início, Felipe Azevedo teve o nome cantado na partida contra o Coritiba, pela Série A. É uma dessas ironias que o futebol gosta de aprontar de vez em quando com o torcedor. Felipe foi o autor do gol da vitória rubro-negra por 1×0 no segundo tempo. Mérito também para o meia Diego Souza, que deu um belo passe para Azevedo marcar, e para o técnico Eduardo Baptista, que, no jogo 50, acreditou no atacante ao colocá-lo em campo.

Com o resultado, o Sport fica em oitavo colocado com 35 pontos, enquanto que o Coxa fica na zona de rebaixamento com 17. Na próxima rodada, o Leão encara o Bahia, fora de casa. Já o Coritiba recebe o Cruzeiro.

LEIA MAIS:
> Técnico do Sport diz que deixou Azevedo no banco para preservá-lo

> Nas ondas do rádio: confira o gol de Felipe Azevedo contra o Coritiba

> Felipe Azevedo diz que aceitou bem a reserva no Sport

O JOGO - A vitória rubro-negra acabou sendo merecida. Em campo, o Sport foi melhor. Procurou mais o jogo e tentou chegar ao gol desde o primeiro minuto. O lado direito foi a principal arma leonina para tentar abrir o placar. Patric foi o motor da equipe, principalmente no primeiro tempo, quando jogou bastante avançado e sem guardar posição. Era quase um atacante junto com Neto Baiano, que voltou ao time titular.

Foi a partida 50 do técnico Eduardo Baptista. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foi a partida 50 do técnico Eduardo Baptista. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Além de Patric, Ibson e Diego Souza também tiveram participação nos melhores lances dos donos da casa. Sempre pela direita, a dupla tentou dar criatividade ao time do Sport. Destaque para Ibson, que se movimentou bastante do ataque para a defesa. Em uma dessas movimentações, ficou na cara do goleiro Vanderlei e perdeu um gol considerado feito.

Apesar da proximidade da vitória e da boa apresentação, o técnico Eduardo Baptista resolver sacar Ibson da partida. Foi nesse momento que o Sport teve uma queda de rendimento no gramado. O Leão ficou sem criatividade e sem o mesmo volume de jogo. Muito porque Diego Souza e Patric já estavam mais desgastados.

sport1

Só que Eduardo soube acertar o time. Acionou Felipe Azevedo e teve a estrela de ver o atacante marcar o gol da vitória. Além do gol, Felipe trouxe de volta a mobilidade da equipe e um pouco mais de criatividade para o Sport em campo.

Também merece destaque o sistema defensivo do Leão, que soube segurar o Coxa na maioria dos lances. E mesmo quando a defesa cochilou em alguns contra-ataques, Magrão apareceu para impedir o pior. Renê é outro que vale o elogio pelo ímpeto defensivo. Se Patric foi quase um atacante, o lateral-esquerdo rubro-negro deu uma de zagueiro e ganhou praticamente todos os desarmes.

FICHA DA PARTIDA – SPORT 1X0 CORITIBA

Sport: Magrão; Patric, Oswaldo (Henrique Mattos), Durval e Renê; Rithely, Wendel e Ibson (Ananias); Diego Souza, Danilo (Felipe Azevedo) e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.

Coritiba: Vanderlei; Noberto, Lucas Claro, Leandro Almeida e Carlinho; Élder (Anderson Aquino), Rosinei (Douglas), Dudu e Robinho (Keirrison); Joel e Élber. Técnico: Marquinhos Santos.

Série A (23ª rodada). Estádio: Ilha do Retiro, Recife (PE). Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS). Assistentes: José Javel Silveira e José Eduardo Calva (ambos do RS). Gol: Felipe Azevedo (S) aos 29 minutos do segundo tempo. Amarelos: Noberto (C), Neto Baiano (S) e Patric (S).

Acompanhe Sport x Coritiba pela Série A

Pernambuco entra em campo neste domingo com o Sport na Série A. O Leão enfrenta o Coritiba pela 23ª rodada do Brasileirão e busca a recuperação depois de dois jogos sem vencer contra Chapecoense e Internacional. As escalações seguem abaixo:

Sport: Magrão; Patric, Oswaldo, Durval e Renê; Rithely, Wendel e Ibson; Diego Souza, Danilo e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.

Coritiba: Vanderlei; Noberto, Lucas Claro, Leandro Almeida e Carlinho; Élder, Rosinei, Dudu e Robinho; Joel e Élber. Técnico: Marquinhos Santos.

O torcedor pode acompanhar a partida no NE10 e no Twitter do Blog, @blogdotorcedor.

Tricolor nos Estados Unidos

10490100_677601885656724_1762377259_n

O tricolor Luiz Felix leva as cores do Santa Cruz para a Estátua da Liberdade, nos Estados Unidos.

Quer ver sua foto no Blog do Torcedor? Basta enviar a imagem para blogdotorcedor@ne10.com.br.

Náutico: Dado quer diminuir margem de erros da equipe

Foto: Edmar Melo/JC Imagem

Foto: Edmar Melo/JC Imagem

A derrota do Náutico para o Vasco em São Januário, de virada, neste sábado pela Série B, foi um verdadeiro ‘vacilo’ do time alvirrubro. Saindo na frente do placar com gol de Sassá, aos 21 minutos do segundo tempo, o time de Dado Cavalcanti não conseguiu segurar os vascaínos e tomaram o gol da virada aos 43 da etapa final.

A torcida cruzmaltina já ensaiava vaias ao time e, mesmo assim, o Náutico não conseguiu aproveitar para vencer fora de casa. Dado cavalcanti lamentou o resultado e disse que o time não poderá mais cometer esses tipos de erros se quiser chegar na parte de cima da tabela.

“Não temos mais margem para erros, temos que fazer um bom jogo contra a Portuguesa com um pouco mais de força ofensiva e tentar a vitória. Temos que ter atenção para não tomar os gols que tomamos aqui (referindo-se ao estádio de São Januário)”, comentou.

Diante da Portuguesa Dado não terá o zagueiro Mario Risso que tomou o terceiro amarelo contra o Vasco. Sem esconder o jogo, o comandante afirmou quem vai formar dupla com Renato chaves. “O William Alves será o titular e o Flávio vai vir do Recife para integrar o grupo contra a Portuguesa”, acrescentou.

Página 1 de 6.78612345...102030...Última »