• Promoção: Sport x Fortaleza terá ingressos a R$ 10

Confusão e empurra-empurra na bilheteria do Sport

Foto: Matheus Albino / Blog do Torcedor

Foto: Matheus Albino / Blog do Torcedor

A abertura da venda de ingressos à torcida do Sport para o jogo contra o Fortaleza,pela Copa do Nordeste, foi marcada por confusão entre torcedores na manha desta sexta-feira (27). O baixo preço do bilhete, entre R$ 10 e 20, fez com que muitos torcedores se deslocassem à Ilha do Retiro logo no primeiro dia de venda, que começou ainda nesta quinta-feira.

Alguns torcedores relataram que o principal motivo da confusão foi que apenas dois guichês estavam funcionando. Com isso, uma extensa fila que se formou e muitos torcedores, impacientes, não quiseram esperar e tentaram furar a fila.

Um torcedor conversou com a equipe do Blog e disse que a ordem só foi estabelecida quando três viaturas da Polícia Militar chegaram no local. “Uma viatura passou aqui e viu a confusão, então foram embora e depois voltaram com mais duas viaturas da polícia. Foi aí que eles organizaram tudo. O grande problema foram os cambistas que estavam tentando comprar vários ingressos. E também só havia dois guichês funcionando, depois abriram mais um”, disse o torcedor Emerson Matias.

Torcedor sofreu mas conseguiu garantir o seu ingresso e vai estar presente no domingo. Foto: Matheus Albino / Blog do Torcedor

Torcedor sofreu mas conseguiu garantir o seu ingresso e vai estar presente no domingo. Foto: Matheus Albino / Blog do Torcedor

Ele contou também que ficou quase três horas na fila para poder adquirir o bilhete do jogo de domingo. “Cheguei aqui às 7h30 e só consegui comprar por volta das 10h”. Conversamos com alguns policiais que estavam no local mas eles disseram apenas que não receberam nenhum chamado da diretoria do clube e estavam no local para ajudar na organização da venda de ingressos.

bilhe 2

Sport mais ofensivo no segundo round com o Fortaleza

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Atacante Joelinton deve ser titular no domingo, diante do Fortaleza. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

O Sport volta aos trabalhos na tarde desta sexta-feira (27) para recomeçar a missão Fortaleza. Depois de perder por 1×0 no Castelão pela primeira partida nas quartas de final da Copa do Nordeste, o time da Ilha precisa vencer por dois gols de diferença se quiser avançar às semifinais. A grande incógnita é se o técnico Eduardo Baptista vai deixar a equipe mais ofensiva.

E fazer gol é mais do que necessário, pois o Leão terá que melhorar um pouco a média de gols. Até o momento, os atuais campeões do Nordeste têm uma média 1,81 gols por jogo. Foram 29 marcados em 16 partidas. A maior possibilidade é que Wendell deixe o time titular para a entrada de mais um atacante – provavelmente Joelinton.

Essa mudança alteraria também o posicionamento do meia Diego Souza. No Casteão ele fez a função de centroavante. Outra possibilidade é o aproveitamento de Danilo no lugar de Wendell. O lateral-esquerdo de origem já atuou diversas vezes como um atacante pelo lado esquerdo, inclusive sendo decisivo. Foi dele o segundo gol na vitória por 2×0 sobre o Ceará, na primeira decisão do Nordestão do ano passado.

Um raio-X de Diego Souza no Sport em 2015

O repórter da Editoria de Esportes do Jornal do Commercio, Alexandre Arditti, estava de férias e voltou com a corda toda. Nesta sexta (27), ele publicou uma matéria sobre o desempenho de Diego Souza até agora no Sport, ou como ele prefere chamar, um raio-X, incluindo uma arte fantástica – o que já era de se esperar da galera de arte do JC – com os dados.

A arte está aí em baixo e para ler o texto, basta clicar aqui.

tabela diego

Dunga diz que 100% desde a Copa recupera confiança

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Da Folhapress

Para o técnico Dunga, a seleção brasileira ainda está se recuperando do trauma que foi sua participação na última Copa do Mundo. Após a vitória por 3 a 1 sobre a França, a sétima em sete jogos desde que voltou à equipe, o treinador lembrou que uma de suas missões é recuperar os atletas que participaram do Mundial e foram goleados por 7 a 1 para a Alemanha na semifinal.

“Tem de dar confiança aos jogadores depois de uma Copa do Mundo em que foram criticados. Agora estão no caminho, buscando o equilíbrio”, disse o comandante. Capitão do time que sofreu um dos outros grandes traumas da seleção, a derrota por 3 a 0 para a França na final da Copa-1998, Dunga negou que a vitória em Saint-Denis, palco daquela decisão, tenha um gosto especial para ele.

“Não vejo como revanche, mas é sempre positivo ganhar de uma seleção forte como a da França. O que passou, passou. Criar uma atmosfera [para a partida] além do necessário atrapalha”, afirmou.
O grupo segue nesta sexta-feira (27) para Londres, onde disputa outro amistoso, contra o Chile, no Emirates Stadium, do Arsenal, domingo .

De acordo com Dunga, a ideia é que o time na próxima apresentação na seleção seja bem diferente do que derrotou os franceses devido ao pouco tempo entre os jogos. “Como são só dois dias até o próximo jogo, vou ter de mudar bastante”, disse.

Os dois jogos na Europa são os últimos compromissos da seleção antes do anúncio da convocação para a Copa América, que será realizada no Chile entre junho e julho. “Não temos porcentagem de base fechada”, afirmou o treinador, quando questionado sobre quantos jogadores já estão com passaporte carimbados para disputar a primeira competição oficial da seleção depois do fiasco no Mundial em casa.

O Brasil jogou e será que o Recife parou para assistir?

Quinta (26) foi dia de Seleção Brasileira em campo e o torcedor recifense ainda estava no batente, ganhando o pão suado de cada dia. O repórter da editoria de Esportes do Jornal do Commercio, Leonardo Vasconcelos, conferiu como anda a moral da Canarinha e se ela ainda chama à atenção da população.

Para ler a matéria na íntegra clique aqui.

Betinho não vê Clássico das Multidões como amistoso

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Mesmo com o clássico diante do Sport, pela última rodada do hexagonal do título ter quase um caráter amistoso, o atacante Betinho, do Santa Cruz, não vai encarar a partida, marcada para o próximo dia 5, na Ilha do Retiro, como algo menor. Ele lembrou que só o fato de serem dois grandes clubes se enfrentando já dá uma dimensão decisiva à partida.

Ainda por cima, vai definir se o tricolor fará o segundo jogo no Recife ou em Caruaru, já que o adversário na semifinal está definido, o Central. “Vamos entrar para vencer e temos qualidade para conseguir isso. O clássico é sempre muito difícil, é um jogo que para a cidade e queremos vencer para chegar com confiança na semifinal”, ressaltou.

Artilheiro coral na atual temporada com três gols, o jogador era considerado reserva quando o clube contratou Anderson Aquino e Bruno Mineiro, atacantes com boas passagens anteriores pelo futebol pernambucano. Como ambos estão machucados, Betinho ganhou espaço mas ainda convive com uma certa dose de desconfiança da torcida.

“Estou atuando nesses últimos jogos mas o importante é conseguir os objetivos. No ano passado tive duas lesões graves na coxa, mas agora espero continuar marcando gols para ajudar”, disse.

Confira os destaques desta quinta no Blog do Torcedor

destaques_2603

» Ingressos a R$10 para Sport x Fortaleza

» Náutico negocia contratação do zagueiro Jomar, do Vasco

» Exame consta contusão em Waldison

» Náutico sem zagueiros

» Fortaleza pode ser rebaixado no Cearense

» Timbu fecha com o volante Marino

Sport negocia com novos parceiros para construção da arena

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

O presidente do Sport, João Humberto Martorelli, retomou negociações para viabilizar o projeto da construção de uma arena e reuniu-se com um grupo de representantes dos executivo e deliberativo do clube para atualizar as informações. Novos investidores estão negociando com Martorelli, que repassou as informações a João Recena, Gustavo Dubeux, José Aécio Filho, Alberto Cavendish, Arnaldo Barros e Leucio de Lemos. O grupo deu sinal verde para o mandatário continuar a negociação.

O nome de nenhum desses possíveis investidores foi citado. O Sport interrompeu as negociações com a Engevix no final de outubro do ano passado, quando solicitou um seguro garantia por parte da empresa e esta queria analisar novamente o projeto, já que o protocolo de intenções fora assinado em 2010 e o cenário econômico do País mudou muito desde então.

Como não houve acordo, e posteriormente a Engevix foi apontada como parte da Operação Lava Jato, que investiga corrupção na Petrobras, as conversas terminaram.

Página 1 de 7.2161234567Última »