Marinho comemora boa atuação e espera sequência no Náutico

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Autor do gol da vitória do Náutico, o atacante Marinho comemorou não só o fato de ter sido decisivo na partida como também a boa apresentação depois de um bom tempo afastado por conta de lesão. O jogador agora espera ter sequência no Timbu e ajudar o clube a conseguir o acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro.

“Espero continua na equipe. Determinação foi o mais importante neste período. Agora é trabalhar e ver onde errou para corrigir. Temos um clássico pela frente e sabemos que não será fácil”, disse o jogador após a vitória por 1×0 sobre o Icasa, na Arena Pernambuco, nesta terça.

LEIA MAIS:
> Sem organização, Náutico vence Icasa na base da individualidade

Sobre a partida, Marinho avaliou que a equipe se deu bem porque conseguiu cumprir corretamente o que o técnico Sidney Moraes pediu. Além disso, avaliou que o time ‘correu certo’.  “Quando faz o que o professor pede, tudo sai certo. Foi importante a vitória”.

Por falar no técnico, o atacante considerou normal a pressão sobre Sidney. Agora com a vitória, porém, espera mais tranquilidade. “Graças a Deus a gente conseguiu a vitória para aliviar a pressão”.

Nas ondas do rádio: ouça o gol da vitória do Náutico

Marinho marcou o gol da vitória alvirrubra. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Marinho marcou o gol da vitória alvirrubra. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Não foi um primor de futebol, mas valeu os três pontos. Essa foi a tônica da vitória do Náutico sobre o Icasa, na Arena Pernambuco, nesta terça-feira, pela Série B. O único gol da partida foi marcado por Marinho, ainda no primeiro tempo. O torcedor pode conferir o gol nas ondas do rádio com a narração de Natan Oliveira, da Rádio Jornal. Ouça:

Sidney joga assunto demissão para diretoria do Náutico

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Apesar da vitória por 1×0 sobre o Icasa, nesta terça-feira, na Arena Pernambuco, o assunto mais aguardado pela imprensa, e também pela torcida, era o comentário do técnico Sidney Moraes sobre a sua possível saída do Timbu mesmo com o resultado positivo. O treinador, porém, falou pouco do assunto e jogou para a diretoria. “Tem que perguntar a eles”, disse o comandante citando o diretor Lau Júnior.

Sidney ainda garantiu que nunca pensou em deixar o clube e que segue focado no trabalho no Alvirrubro. Na próxima rodada, o Náutico tem o clássico com o Santa Cruz. “Não cogitei deixar o barco”.

A especulação sobre a queda do atual técnico alvirrubro ganhou força depois das duas derrotas seguidas para Boa e Atlético-GO. O nome do pernambucano Dado Cavalcanti foi o mais cotado para assumir, chegando inclusive a ser sondado.

LEIA MAIS:
> Sem organização, Náutico vence Icasa na base da individualidade

Falando da vitória, Sidney destacou a entrega do grupo e o preparo físico do elenco. “Jogadores foram bem e se empenharam muito. Não foi fácil depois do jogo lá em Goiás. Mas o preparo físico merece elogios”.

O comandante alvirrubro ainda pontuou que as oscilações do Náutico serão naturais nesta Série B, principalmente enquanto o time do Timbu não se encaixa completamente. “Todos sabem que não temos um time pronto e preparado. Se quem está arrumado, oscila, imagina a gente? Queria eu que meus jogadores fossem máquinas e jogassem bem sempre. Só que não é assim”.

Justamente por conta dessa oscilação, que Sidney pede o apoio da torcida de maneira mais forte. Chegou até a discutir com um torcedor na arquibancada no fim do jogo porque queria maior apoio e não vaias. “Se for para xingar, que seja eu, que sou o técnico. Os jogadores às vezes sentem uma vaia. Meu pedido é que a torcida jogue com o time”.

Sport na lista dos 10 uniformes da Adidas mais vendidos do mundo

O Sport ficou entre os 10 uniformes mais vendidos da Adidas em todo o mundo.

Essa é a informação trazida no site oficial do clube.

Segundo a Adidas, durante o mês de lançamento, o clube pernambucano ficou no top 10 entre os uniformes mais vendidos pela marca, que patrocina as principais seleções e clubes do planeta.

No Brasil, o uniforme rubro-negro foi, neste mesmo período, o mais comercializado.

Vale salientar que, por força contratual, o clube não pode divulgar a quantidade de produtos vendidos.

Para falar sobre o sucesso das vendas das camisas e tirar algumas das inevitáveis dúvidas dos torcedores, o site oficial do clube entrevistou o diretor de marketing do Sport, Sid Vasconcelos, e Rafael Pereira, Sports Marketing/Club Manager na adidas.

Marketing da adidas

Como foi a demanda da torcida rubro-negra em relação às metas que a adidas havia projetado?

Atendeu às expectativas projetadas e considerando o ano especial de 2015, esperamos ainda mais adesão.

Como a adidas têm avaliado este início de parceria com o Sport?

De forma muito positiva. Novamente, o clube atendeu nossas expectativas e especialmente no âmbito online nos surpreendeu. Esperamos que o clube mantenha o bom nível de performance em campo e que em 2015 – ano especial para o clube – possamos atingir níveis ainda melhores.

Para a adidas, que ainda patrocina poucos clubes no Brasil, qual a importância da parceria com um clube tão tradicional do Nordeste brasileiro?

A região Nordeste é uma das que mais cresce no país e, como consequência torna-se cada vez mais estratégica para o crescimento da adidas no país. A parceria com o Sport veio sacramentar esse posicionamento na região.

Marketing do Sport

Quando será lançado o terceiro uniforme do clube?

A previsão é para lançarmos na primeira quinzena de Setembro. Podem aguardar que será outro sucesso de vendas. Por enquanto não podemos comentar nenhum detalhe, mas temos a convicção que será!

E sobre o material de treino, há alguma previsão para começar as vendas?

Ainda não temos uma data certa, mas posso dizer que em breve esta linha de produto estará disponível para o torcedor.

Alguma novidade em relação à loja oficial?

Temos sim. A mesma que é tão desejada por nossa torcida será aberta em novembro deste ano. É bom esclarecer que não era algo tão simples de se resolver e queríamos que o projeto fosse bem amplo e robusto. A adidas entendeu e concordou com este modelo. Tanto que a própria adidas irá administrar. O que demonstra a grandiosidade do clube e da sua torcida. É importante entender que neste início de parceria temos que ter paciência, e que este projeto com a adidas é de longo prazo. Com o passar do tempo, teremos uma grande variedade de produtos para o nosso torcedor. Iniciamos agora e já estamos tendo diversos resultados positivos, conforme prevíamos.

Como você tem avaliado este início de parceria com a adidas?

Desde o primeiro momento que iniciamos as conversas para negociar com a adidas, ainda em 2010, já sabíamos que estávamos no caminho certo. Hoje, com poucos meses deste inicio, já podemos celebrar o êxito. Não estamos ainda no mundo ideal, mas somos sabedores que temos muito tempo ainda pela frente.

*Informações do site oficial do Sport- sportrecife.com.br

Sem organização, Náutico vence Icasa na base da individualidade

Marinho (D) foi decisivo na partida. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Marinho (D) foi decisivo na partida. Foto: Guga Matos/JC Imagem

O Náutico segue sendo um time desorganizado em campo, sem senso coletivo ou planejamento tático para vencer uma partida. Mesmo assim, conseguiu a vitória nesta terça-feira, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, pela Série B. A individualidade foi o recurso do Timbu para bater o Icasa por 1×0. Marinho foi o fator individual decisivo na partida. Além de comandar as principais jogadas dos donos da casa, fez o gol do êxito. É verdade que o que vale são os três pontos, mas é muito pouco para uma equipe que sonha com o acesso. Se quer chegar ao G4 da Segundona, os alvirrubros precisam de maior poder coletivo.

Com a vitória, o Náutico sobe para a 11ª posição com 18 pontos, enquanto que o Icasa fica em 15º com 15. Essas posições, porém, podem mudar com o complemento da rodada, no fim de semana. Na próxima, o Alvirrubro tem o clássico contra o Santa Cruz, no Arruda. Já os cearenses enfrentam o América-MG, em Juazeiro.

LEIA MAIS:
> Sidney joga assunto demissão para diretoria do Náutico

> Nas ondas do rádio: ouça o gol da vitória do Náutico

> Marinho comemora boa atuação e espera sequência no Náutico

O JOGO - A vitória do Náutico não foi construída na base da técnica ou da organização tática. Dentro de campo, o Timbu foi uma equipe muito espaçada entre a defesa e o ataque, com o trio ofensivo formado por Marcos Vinícius, Marinho e Tadeu ficando muito distante dos outros jogadores. Isso provocou muitos chutões, principalmente nos primeiros minutos do jogo.

A desorganização alvirrubra, porém, não foi aproveitada pelos cearenses. Muito em parte porque o Icasa estava tão desorganizado quanto o Náutico no gramado. Pouca criação e muitos erros de passes. A partida em muito momentos deu calo na vista, tamanhas as falhas dos dois lados. Um jogo mais digno de equipes que brigam contra o rebaixamento do que pelo acesso.

A melhoria, e a vitória, do Timbu teve ligação direta com o aparecimento de um jogador em particular: o atacante Marinho. Mais aberto na direita, o jogador usou a velocidade para cansar a defesa adversária em muitos momentos. Sempre tinha uma jogada individual para importunar a zaga do Icasa. Em uma equipe que o coletivo não funcionava corretamente, apostar na individualidade de um atleta que estava jogando bem parecia ser uma boa estratégia. Foi o que fez o Náutico, que passou a adotar o esquema 4-4-2 bola no Marinho.

Timbu foi uma equipe sem criatividade na partida. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Timbu foi uma equipe sem criatividade na partida. Foto: Guga Matos/JC Imagem

A opção foi acertada. Marinho cresceu ainda mais na partida e conseguiu marcar. Após passe de Marcos Vinícius na grande área, o atacante ficou em condições de marcar e mandou para o fundo das redes, aos 37 minutos do primeiro tempo.

Com a vantagem, o Náutico passou a ter um pouco mais de tranquilidade. Continuou desorganizado no gramado e apostando em Marinho, que ainda teve mais uma grande chance de ampliar o placar. Pelo bem do Timbu, não fez falta. Os alvirrubros souberam se segurar na defesa, apesar dos sustos e da expulsão de Paulinho, e saíram com a vitória depois de dois jogos sem pontuar na Segundona.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 1X0 ICASA

Náutico: Alessandro; Neílson, William Alves, Edvânio e Raí; Gilmak, Elicarlos, Paulinho, Marcus Vinícius (Vinícius) e Marinho (Leleu); Tadeu (Luizinho Melo). Técnico: Sidney Moraes.

Icasa: Fábio; Paulo Henrique, Gilberto, Nayhlor e Zé Carlos; Guídio, Foguinho, Dodó (Aelson) e Alan Eliomar (Alan Mineiro); Vanger e Neílson (Núbio Flávio). Técnico: Leandro Sena.

Série B (14ª rodada). Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Árbitro: Paulo Shleich (Mato Grosso do Sul). Assistentes: Cleriston Clay Barreto (Sergipe) e Leandro dos Santos Ruberdo (Mato Grosso do Sul). Gols: Marinho (N), aos 37 minutos do primeiro tempo. Amarelos: Gilberto (I), Marcos Vinícius (N), Guídio (I), Dodó (I) e Naylhor (I). Vermelho: Paulinho (N) – dois amarelos: Público: 1.860. Renda: R$ 78.695.

Destaques do Blog desta terça-feira

blog melhor 2907 okkkkk

Os meio campistas Régis e Augusto César estão perto de retornar ao time do Sport, mas isso não deve acontecer no jogo deste domingo contra o Figueirense. Ambos seguem se recuperando de forma rápida e surpreendendo o departamento médico do clube.

No Santa Cruz o diretor de futebol, Constantino Júnior, afirmou que vai buscar um zagueiro experiente para reforçar o time na Série B. A defesa Coral anda em baixa desde que a Série B retornou após a Copa do Mundo. Em três jogos foram três derrotas e 10 gols sofridos.

Falando em má fase, o Náutico pode anunciar um técnico caso a equipe não vença o Icasa nesta terça-feira na Arena. O nome de Dado Cavalcante está sendo especulado nos Aflitos. Essas foram algumas notícias de destaque no Blog do Torcedor nesta terça-feira (29).

Confira as notícias destaques:

Sport: Régis e Augusto César devem voltar contra o Flamengo

Santa Cruz – Constantino Júnior: “Queremos um zagueiro que seja mais líder”

Empresário do técnico Dado Cavalcanti confirma sondagem do Náutico

Felipão é o novo técnico do Grêmio

Santa Cruz – Léo Gamalho é o jogador que mais faz faltas

Náutico traz zagueiro Renato Chaves e tenta mais quatro

Com informações do JC Online

O Náutico tem mais um novo jogador para o restante da disputa da Série B. Trata-se do zagueiro Renato Chaves, que estava no Atlético-PR. O jogador de 24 anos chega com contrato de empréstimo até o fim da temporada.

Nesse ano, ele chegou a ser afastado do Furacão após se negar a entrar em campo durante o Campeonato Paranaense. No currículo, o atleta tem passagens por Corinthians, Bahia, Figueirense e Portuguesa.

Além dele, comenta-se nos bastidores que o Náutico estaria negociando a vinda de quatro atletas do São Paulo. São eles: Cañete (meia), Edson Silva (zagueiro), Ademilson (atacante) e João Schmidt (volante). O último, porém, já foi confirmado pelo Tricolor paulista no Vitória de Setúbal, de Portugal.

 

 

Acompanhe Náutico x Icasa

A bola já está rolando para Náutico e Icasa, na Arena Pernambuco, pela Série B. Confira as escalações:

Náutico: Alessandro; Neílson, William Alves, Edvânio e Raí; Gilmak, Elicarlos, Paulinho, Marcus Vinícius e Marinho; Tadeu. Técnico: Sidney Moraes.

Icasa: Fábio; Paulo Henrique, Gilberto, Nayhlor e Zé Carlos; Guídio, Foguinho, Dodó e Alan Eliomar; Vanger e Neílson. Técnico: Leandro Sena.

O torcedor pode acompanhar a partida pelo NE10 ou pelo Twitter do Blog do Torcedor.

Página 1 de 6.64512345...102030...Última »