• Náutico volta a vencer e a sonhar com o G4

Gallo destaca que o importante foi o Náutico vencer

Foto: André Nery/JC Imagem

Timbu venceu o jogo por 3×1. Foto: André Nery/JC Imagem

Para o técnico Alexandre Gallo, o importante foi o Náutico vencer nesta noite, contra o Avaí, pela Série B. De acordo com o treinador alvirrubro, os três pontos colocam o Timbu em condição de ficar mais ou menos onde o treinador planeja nesta metade de campeonato, dentro do pelotão de oito primeiros. O cenário dá opções de se aproximar do G4 no futuro.

“O mais importante era vencer para continuar no bloco da frente, como a gente esteve. Hoje foi bom o resultado, mesmo com o adversários perdendo um jogador. O time soube rodar a bola e isso nos deixa contentes”, disse o comandante alvirrubro.

Ainda segundo Gallo, vitória ainda teve peso maior por conta dos problemas que o Náutico vem passando ultimamente com lesões e maratona de jogos. “Se a gente tivesse com elenco 100 seria uma resposta. Tivemos uma semana de trabalho, mas não tivemos o elenco todo. Na semana temos apenas três dias para trabalhar”, afirmou. O Timbu tem sete jogadores no departamento médico atualmente: o goleiro Rodolpho, os volantes Eurico e Rodrigo Souza, o meia Esquerdinha, e os atacantes Taiberson, Bergson e Yuri Mamute.

Com o Avaí superado, o técnico foca agora o Tupi, também na Arena Pernambuco. A meta é mais uma vitória para se aproximar ainda mais do G4. “Vamos manter os pés no chão. Respeitamos o Tupi, mas vamos buscar a vitória para dar um salto importante.”

A vitória do Náutico nas lentes da JC Imagem

A vitória do Náutico nas ondas da Rádio Jornal

Timbu venceu por 3x0. Foto: André Nery/JC Imagem

Timbu venceu por 3×0. Foto: André Nery/JC Imagem

O Náutico venceu o Avaí por 3×1 e voltou a sonhar com o G4. Rony, Eduardo e Jefferson marcaram os gols alvirrubros. O torcedor pode conferir abaixo os gols, nas ondas da Rádio Jornal. A narração é de André Luiz Cabral.

Náutico volta a vencer e a sonhar com o G4

Timbu matou o jogo no primeiro tempo. Foto: André Nery/JC Imagem

Timbu matou o jogo no primeiro tempo. Fotos: André Nery/JC Imagem

O Náutico não fez uma grande apresentação nesta sexta-feira, na Arena Pernambuco, mas fez o suficiente para vencer o Avaí por 3×1 pela 17º rodada da Série B. E isso foi o mais importante para o Timbu, que vinha de três derrotas seguidas na Segundona. Conseguir a vitória, mesmo sem grande brilho, era o que os alvirrubros precisavam para ganhar um pouco de confiança na competição. Rony, Eduardo e Jefferson Nem marcaram para os donos da casa, enquanto Lucas Coelho descontou.

Além de quebrar a sequência negativa, o Náutico volta a sonhar com o G4. Agora o Timbu tem 24 pontos e sobe para a sétima posição de maneira provisória, ainda faltam jogos para completar a rodada. Já o Avaí permanece em 14º com 20. Na próxima rodada, os alvirrubros esperam manter o ritmo contra o Tupi, em casa novamente. Os catarinenses encaram o Londrina.

LEIA MAIS:
> A vitória do Náutico nas ondas da Rádio Jornal

> A vitória do Náutico nas lentes da JC Imagem

> Gallo destaca que o importante foi o Náutico vencer

GOL NO COMEÇO E EXPULSÃO DEFINEM JOGO

Dois lances foram determinantes para definir a vitória do Náutico. O primeiro foi o gol de Rony com menos de um minuto de jogo – ele aproveitou bola cruzada na área e mandou para as redes. Já o segundo foi a expulsão do zagueiro Renato Silveira, ainda no primeiro tempo, quando o placar marcava 1×0 para o Timbu. Com um a menos, o Avaí teve pouco poder de fogo para agredir os alvirrubros, algo que facilitou a vida da equipe do técnico Alexandre Gallo, que soube administrar bem a vantagem numérica e no marcador.

Por conta disso, o ritmo do jogo foi lento e em alguns momentos chato para o torcedor. Os catarinenses mal chegavam ao ataque, enquanto que o Náutico errava lá na frente. Os 90 minutos foram mais uma questão protocolar, afinal já se sabia o vencedor do confronto.

rafaelAN

Ainda assim, o Timbu conseguiu mais dois gols, com Eduardo e Jefferson Nem. Melhor para os alvirrubros, que conseguiram melhorar o saldo de gols e ainda ultrapassaram o Vasco como melhor ataque, os cariocas jogam neste sábado e podem recuperar a ponta novamente.

Com os três pontos garantidos, Gallo se deu ao luxo de dar mais ritmo a alguns jogadores, como o lateral-direito Walber, por exemplo. Tiago Adan e Ygor foram outros acionados pelo treinador durante o segundo tempo, que mais pareceu um treino de luxo do que uma partida oficial. O único aspecto negativo foi o gol sofrido no fim, que impediu a defesa, a segunda pior do campeonato, de passar em branco na partida.

FICHA TÉCNICA – NÁUTICO 3X1 AVAÍ

Náutico: Julio Cesar; Joazi (Walber), Rafael Pereira, Eduardo, Gastón; João Ananias (Ygor), Maylson, Renan Oliveira; Hugo (Tiago Adan), Jefferson Nem e Rony. Técnico: Alexandre Gallo.

Avaí: Renan; Renato, Renato Silveira, Fábio Sanches, e Capa; Luan, João Felipe, Jajá (Toshi) e Diego Jardel (Lucas Coelho); William (Romarinho) e Romulo. Técnico: Silas.

Série B (17ª rodada). Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata. Árbitro: Raphael Claus (SP). Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz e Leandro dos Santos Ruberdo (ambos do MS). Gols: Rony (N) aos 1 e Eduardo (N) aos 45 minuto do 1º tempo; Jefferson Nem (N) aos 18  e Lucas Coelho aos 42 do 2º. Amarelo: Romulo (A). Vermelho: Renato Silveira (A) – dois amarelos. Público: 2.147. Renda: R$ 28.010.

Acompanhe Náutico x Avaí pelo @blogdotorcedor

download

Náutico e Avaí duelam nesta sexta-feira, pela Série B. O Timbu quer reencontrar a vitória depois de três derrotas seguidas na Segundona, enquanto que os catarinenses vêm de seis jogos seguidos sem perder. A partida ocorre na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata.

Náutico: Julio Cesar; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo, Gastón; João Ananias, Maylson, Renan Oliveira; Hugo, Jefferson Nem e Rony. Técnico: Alexandre Gallo.

Avaí: Renan; Renato, Renato Silveira, Fábio Sanches, e Capa; Luan, João Felipe, Jajá e Diego Jardel; William e Romulo. Técnico: Silas.

O torcedor é nosso convidado para acompanhar a partida. Pode acompanhar os comentários no nosso Twitter, o @blogdotorcedor, e o lance a lance do confronto no NE10.


Santa Cruz quer vencer Coritiba para consolidar distância do Z4

keno, santa cruz

Corais estão fora da zona de rebaixamento. Foto: Diego Nigro/JC Imagem

Mesmo fora da zona de rebaixamento, o time está em 14º com 17 pontos, o Santa Cruz ainda não vive uma situação confortável com relação ao Z4 do Brasileirão. Por isso, vencer o Coritiba, neste sábado, às 18h30, no Arruda, é fundamental para os corais. Uma vitória pode consolidar uma distância mais administrável em relação à região da degola na Série A. Assim, só os três pontos interessam aos donos da casa.

LEIA MAIS:
> Cruzeiro garante cumprir empréstimo de Uillian Correia com Santa Cruz

> Santa Cruz nega proposta de R$ 750 mil e não levará jogos a arenas de fora

> Santa Cruz entende que Bahia aliciou Uillian Correia e estuda medidas no STJD

> Santa Cruz tem encontro com Governo e Sula na Arena não está descartada

> Tiago Costa quer ver o Santa Cruz brigando entre os dez primeiros na Série A

TIME SEM NÉRIS E GRAFITE

Para esta partida, o técnico Milton Mendes não poderá contar com o zagueiro Néris, vetado pelo departamento médico, nem com o atacante Grafite, suspenso pelo terceiro amarelo. Para os lugares deles devem entrar Wellington e Marion respectivamente. Mendes, contudo, não confirmou a equipe que vai a campo.

O comandante coral, por sinal, espera contar com a força da torcida em um jogo considerado vital para as pretensões da equipe. O Coxa está na vice-lanterna com 15 pontos. “Nós precisamos do apoio do torcedor. Acho que junto podemos fazer uma união forte”, disse o técnico.

KENO COMO REFERÊNCIA

Sem a presença de Grafite, quem deve assumir o protagonismo do ataque, e também do time do Santa Cruz, é Keno. O atacante tem três gols no Brasileirão, mas pode ser útil também na hora de dar o passe para os companheiros. Ele já deu quatro assistências para gols na competição. Logo, ele é a esperança coral.

COXA COM TRÊS VOLANTES

O Coritiba vem para o Recife sem quatro jogadores. Os meias César González e Ruy e o atacante Leandro seguem no departamento médico, enquanto que o meia Juan foi punido pelo clube por desentendimento com o técnico Pachequinho e não viajou. A tendência é que o Coxa encara o Santa Cruz três volantes.

FICHA DA PARTIDA – SANTA CRUZ X CORITIBA

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Vitor, Wellington, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, Marcílio e João Paulo; Arthur, Keno e Marion. Técnico: Milton Mendes.

Coritiba: Wilson, Ceará, Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; Edinho, João Paulo, Alan Santos e Raphael Veiga; Kleber e Kazim. Técnico: Pachequinho.

Brasileirão (16ª rodada). Local: Arruda, Recife (PE). Horário: sábado, às 18h30. Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO). Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva e Bruno Raphael Pires (GO).

Santa Cruz tem encontro com Governo e Sula na Arena não está descartada

Carreras sinaliza jogos do Santa Cruz na Arena PE

Santa Cruz aguarda reforma do Arruda para saber se pode transferir partidas para Arena. Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

O Santa Cruz deve se reunir com o secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, na próxima semana para discutir a possibilidade de jogos na Arena Pernambuco. Segundo o presidente Alírio Moraes, o poder público iniciou algumas conversas e não fez questão de nenhum competição. Sendo assim, a Copa Sul-Americana em São Lourenço da Mata não está descartada.

Contudo, para transferir alguma partida para a arena, o Santa Cruz aguarda o retorno sobre quando serão feita as reformas pedidas pela Confederação Brasileira de Futebol para o Arruda. O Tricolor solicitou investimento junto à CBF e espera essa resposta para poder definir o cronograma de reparos no próprio estádio. Feito isso, acertará a quantidade de partidas na Arena Pernambuco.

LEIA MAIS:
> Cruzeiro garante cumprir empréstimo de Uillian Correia com Santa Cruz

> Santa Cruz nega proposta de R$ 750 mil e não levará jogos a arenas de fora

> Santa Cruz entende que Bahia aliciou Uillian Correia e estuda medidas no STJD

“Eles não fizeram nenhuma exigência de competição. Estamos esperando a resposta da CBF para acertar o cronograma de reparos. Claro que se coincidir com a semana da Sul-Americana há a hipótese de fazer o jogo lá, mas não temos nada certo”, disse Alírio Moraes ao Blog do Torcedor.

Ainda com relação à arena, o mandatário coral destacou que o clube trata em paralelo a questão das partidas acordadas com o antigo gestor do equipamento, a Odebrecht. O Santa Cruz deveria fazer quatro jogos na Série B do ano passado, mas só fez um, contra o Ceará. Sendo assim, estaria devendo três. No entanto, como a empresa não gere mais o estádio, o assunto deve ser resolvido na Justiça. A justificativa dos corais é que o antigo acerto era vinculado ao programa Todos Com a Nota, extinto no ano passado. Sem o TCN, o Tricolor se viu prejudicado financeiramente e desobrigado a ir para São Lourenço.

Cruzeiro garante cumprir empréstimo de Uillian Correia com Santa Cruz

Foto: André Nery/JC Imagem

Uillian fez 27 jogos na temporada. Foto: André Nery/JC Imagem

Apesar do interesse do Bahia, o volante Uillian Correia dificilmente deve sair do Santa Cruz. Além da falta de interesse do jogador, o Cruzeiro, clube que detém os direitos econômicos de Uillian, não está muito disposto a quebrar o acordo com os corais. A intenção é cumprir o empréstimo com o Tricolor, que vai até o fim do ano.

Uillian vem sendo um dos destaques do Santa Cruz na temporada. Tanto que esteve em 27 jogos neste ano, ajudando o Tricolor a conquistar o Pernambucano e o Nordestão. O bom momento despertou o interesse do Bahia.

LEIA MAIS:
> Santa Cruz nega proposta de R$ 750 mil e não levará jogos a arenas de fora

> Santa Cruz entende que Bahia aliciou Uillian Correia e estuda medidas no STJD

> Tiago Costa quer ver o Santa Cruz brigando entre os dez primeiros na Série A

A informação do Cruzeiro deixa a cúpula do Santa Cruz mais tranquila com relação a uma possível saída de Uillian. Mesmo assim, os corais não aprovaram a forma como o Bahia procurou o jogador, através do empresário dele. Por isso, a direção tricolor estuda alguma medida junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A alegação é que os baianos tentaram aliciar o volante.

REGULARIZADO – O volante Danilo Pires está regularizado no Santa Cruz. Sendo assim, o jogador fica à disposição do técnico Milton Mendes. Depende apenas dele a utilização ou não do jogador.

Página 1 de 8.2241234567Última »