publicidade
28/11/17
O vice-presidente do Grupo JCPM, Jaime Queiroz Filho, o deputado Waldemar Borges, a diretora de Desenvolvimento Social do Grupo JCPM, Lúcia Pontes; a deputada Terezinha Nunes, que presidiu a sessão, e o presidente do Tribunal de Justiça de PE, Leopoldo Raposo - Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem
O vice-presidente do Grupo JCPM, Jaime Queiroz Filho, o deputado Waldemar Borges, a diretora de Desenvolvimento Social do Grupo JCPM, Lúcia Pontes; a deputada Terezinha Nunes, que presidiu a sessão, e o presidente do Tribunal de Justiça de PE, Leopoldo Raposo - Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

Emoção na cerimônia em homenagem aos dez anos do IJCPM na Assembleia

Publicado por Mirella Martins em Galerias às 20:00

O deputado Waldemar Borges comandou, nesta terça (28), no plenário da Assembleia Legislativa, reunião solene em homenagem aos dez anos do Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social. A diretora do projeto, Lúcia Pontes, recebeu a homenagem. Momento emocionante deu-se durante o testemunho do universitário de Letras Deoclecio Tadeu, que foi atendido pela instituição: “Quando você acredita no jovem, você investe nele, mas nunca é só no jovem, porque quando a gente é transformado, a gente vai impactar nossa família, transmite aos nossos vizinhos, nossos amigos… A gente tem a ideia de mudar o mundo, mas o princípio da coisa é mudar o nosso mundo e todos aqueles que estão ao nosso redor. Eu gostaria de agradecer a doutor João Carlos, por todo o seu acreditar”.

O estudante Deoclecio Tadeu, já atendido pelo IJCPM, deu testemunho – Foto: Dayvison Nunes / JC Imagem

Uma década

O IJCPM tem muito a comemorar: sua principal realização foi ter apoiado a mudança de trajetória de jovens moradores das comunidades do Pina e de Brasília Teimosa. Focado em promover a valorização das pessoas a partir da educação e da qualificação para o mercado de trabalho, o IJCPM atendeu no Nordeste cerca de 30 mil pessoas, das quais 10 mil no Recife – onde o trabalho social se originou. Um dado que expressa o resultado da ação é que hoje 1,8 mil jovens já foram inseridos no mercado de trabalho recifense com o apoio do IJCPM. Somando as demais capitais onde atua, são 4.060.

Presente atualmente, além de Pernambuco, em Sergipe, na Bahia e no Ceará, num total de seis unidades, oferece aos jovens de 16 a 24 anos, moradores do entorno dos empreendimentos do Grupo JCPM, matriculados ou egressos de escolas públicas, formações em idiomas (inglês e espanhol), debates sobre cidadania e sustentabilidade, cursos de robótica e pré-universitário, oficinas culturais e educativas, com melhoria em áreas importantes para qualquer profissão, como português e matemática. Também estimula na comunidade o desenvolvimento do empreendedorismo, além de apoiar as questões de cidadania, com realização de debates e cursos associados a instituições de referência, como Fecomércio e Sebrae.

No Recife

Ao longo dos dez anos, atendeu no Recife 4.300 jovens com elevação de escolaridade. Outros 2.800 participaram de qualificação profissional e 1.200 receberam cursos com alguma habilidade específica. Mais: 900 pessoas fizeram parte de programas de empreendedorismo e outros 800 jovens participaram de cursos de férias.



PUBLICIDADE
FECHAR