publicidade
14/11/17
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Após demissão, Carlinhos Aguiar diz que foi ignorado por Silvio Santos

Publicado por Gabriele Lima em Famosos às 14:13

Um dia após ser demitido pelo SBT, Carlinhos Aguiar contou em entrevista ao UOL que tentou falar com Silvio Santos na porta do salão do cabeleireiro Jassa, em São Paulo, na manhã desta terça-feira (14). O humorista e ex-participante do ‘Jogo dos Pontinhos’, disse que se decepcionou após ser ignorado pelo ex-patrão.

“Ele desceu do carro e falou: ‘Oi, Carlos, bom dia. Você está fazendo o que aqui?’. E me dispensou. Fico com a minha cabeça tranquila porque eu tentei. Se eu não sei o motivo, estou sabendo menos ainda agora, mas eu tentei. Se eu soubesse que teria feito mal, jamais sairia cedo da zona norte até a zona sul para encontrá-lo. Mas eu fui porque me falaram muito para ir. Eu me decepcionei. Saí de lá decepcionado”, desabafou.

LEIA TAMBÉM: Carlinhos Aguiar é demitido do SBT e acusa Mara Maravilha

Carlinhos também contou que foi ao encontro de Silvio acompanhado do filho e afirmou que não queria o emprego de volta, mas tentar entender o motivo da demissão e pedir a continuidade do convênio médico para tratar a mulher doente. “Ele falou: ‘Não tenho nada a ver com isso, não é comigo, foram eles. Resolva com eles’. Todos ficaram sem reação. Meu filho ficou espantado, tinha uma imagem maravilhosa do Silvio. Eu queria falar mais sobre o convênio médico para poder cuidar da minha mulher, mas não deu tempo. Não fui lá para pedir nada, fui para agradecer por tudo e dizer que valeu a pena”, lamentou.

Acusação

Já sobre a acusação que fez sobre Mara Maravilha ter sido o pivô da sua demissão, o humorista voltou atrás e disse ter falado sobre uma brincadeira do ‘Jogo dos Pontinhos’. No entanto, Carlinhos não escondeu sua insatisfação com a ex-colega de trabalho e acredita ter sido “queimado” dentro da emissora.

“Por que Carlinhos? Não tinha outra pessoa lá? A partir do momento que disseram para mim que eu entraria no rodízio e faria pegadinhas, eu já estava cabreiro desde aquela época. Depois da atitude do Silvio, é uma ida sem volta”, contou.



PUBLICIDADE
FECHAR