publicidade
11/01/18
Foto: Shopping Recife/Flickr
Foto: Shopping Recife/Flickr

Para trocar a bateria do iPhone no Recife, é preciso desapego

11 / jan
Publicado por Renato Mota em Smartphones às 14:45

Em média, 15 dias de espera. Esse é o tempo que os usuários de iPhone no Recife têm que esperar se quiserem trocar a bateria do aparelho – aproveitando a redução no valor do serviço, oferecida pela Apple. E mais: o aparelho fica retido na assistência técnica.

Essa demora tem feito com que muitos donos de iPhone no Estado deixem para depois, ou até desistam, de aproveitar o preço promocional de R$ 149 pela troca (que normalmente é de R$ 449). Como explica o encarregado da iTown, revendedora oficial da Apple no RioMar, Marcos Medeiros, a espera se dá por conta do tempo que as baterias levam para chegar da fábrica da marca em Jundiaí (SP) até a capital pernambucana.

“As baterias sobressalentes não podem ser transportadas pela via aérea por uma questão de segurança – então elas vêm de caminhão. Além disso, toda solicitação de troca de componente temos que enviar à Apple para autorização”, conta Medeiros. É uma dificuldade que usuários de São Paulo e do Rio de Janeiro, por causa da proximidade, não estão sofrendo.

Outro detalhe é que a troca de bateria com redução de valor não é feita sem antes a assistência técnica realizar testes que avaliam a saúde do componente. “Para fazer a troca, o problema do aparelho tem que ser realmente o desgaste na bateria. Reparo de outros componentes não tiveram o valor reduzido”, completa o encarregado.

Leia mais
Como saber se seu iPhone está mais lento por causa da bateria

A procura pelo serviço já foi maior no RioMar, nos primeiros dias do ano (quando o desconto passou a valer). Mas Medeiros conta que com o prazo estimado para devolução do aparelho e o fato de que o desconto é válido – de acordo com a Apple – até o fim do ano, o número de usuários interessados na troca da bateria diminuiu.

Entretanto, na outra unidade da iTown, no Shopping Recife, a responsável pela assistência técnica Vanessa Oliveira afirma que a cada turno, pelo menos dez pessoas procuram a loja interessadas na promoção. “Mas muita gente desiste depois que falamos do prazo”, disse.

Também é recorrente na loja a vinda de usuários que são donos de modelos de iPhone que não estão dentro da redução de preço. “Chegam muitos iPhone 4 e 5. Para esse serviço, o valor ainda é de R$ 449”, explica Vanessa. A Apple determinou que a redução de R$ 300 no preço de substituição de bateria para o iPhone fora da garantia é válida até dezembro de 2018, mas para donos de iPhone 6 ou posterior que precisem substituir a bateria.


FECHAR