publicidade
10/09/12
hoax_facebook
hoax_facebook

Viral falso sobre “Aviso de Privacidade” engana usuários no Facebook

10 / set
Publicado por Mayra Cavalcanti em INTERNET às 17:33

Uma mensagem sobre “Aviso de privacidade” do Facebook é o item mais inconveniente da semana, ao lado dos spams e solicitações de jogos e aplicativos. E com certeza, diversos amigos seus já devem ter postado em sua timeline. O texto avisa que o usuário precisa compartilhar a mensagem para que suas informações não sejam utilizadas indevidamente.

Longe de discutir o nível de credulidade dos internautas na rede, esse viral representa uma nova versão daqueles emails com correntes que lotavam os hotmails da vida no início dos anos 2000. Quem nunca recebeu algo do tipo: “Repasse para mais 500 contatos, caso contrário _________”. Então, muitos pensavam: “não custa nada”, e aí, a viralização do mal tinha início.

Nos dias atuais, o Facebook vem recebendo algumas dessas mensagens inconvenientes, que polui a timeline e compromete a experiência do usuário na rede social. Esse hoax (notícia falsa que se espalha na web) chama atenção para o fato do Facebook ser agora uma empresa de capital aberto. Por isso, suas informações pessoais poderiam ser acessadas de forma indevida.

A informação contida na mensagem não faz sentido algum. O IPO do Facebook, que possibilitou que a empresa de Mark Zuckerberg vendesse suas ações no mercado, não alterou a política de privacidade da rede.

Como deixa claro o site Administradores, essa notícia falsa já estava circulando em inglês desde maio, mas já tinha sido desmascarado há alguns meses. O que aconteceu é que alguém resolver traduzir para o português. Segundo os termos de privacidade do Facebook, os usuários são proprietários dos dados que publicam, mas a rede poderá usá-lo para diversas finalidades, sobretudo comerciais. Tudo pode ser explicado aqui.

O site Snopes, que é especializado em desmascarar farsas na web já decretou que esse tal “aviso de privacidade” é falso.

No mundo dos hoaxes, outro que foi disseminado semana passada foi o “WhatsApp pago”. O aplicativo para celular possibilita a troca de mensagens via web, o que fez muita gente deixar de usar o SMS, que é pago por cada utilização. O boato dizia que cada usuário deveria enviar um texto para todos os contatos, caso contrário, iria ser tarifado pelo app. A empresa desenvolvedora não tem planos desse tipo de cobrança.


Foto via Base Propaganda.

Veja a íntegra da mensagem que circulou pelo Facebook.

“O Facebook é agora uma entidade de capital aberto. Recomenda-se a todos os membros que afixem um aviso semelhante a este, ou se preferir pode copiar e colar esta versão. Se não publicar tal declaração pelo menos uma vez, então está indirectamente permitindo o uso público de itens como suas fotos e as informações contidas em suas actualizações de status.

AVISO DE PRIVACIDADE: Aviso – qualquer pessoa e / ou instituição e / ou agente e / ou Agência de qualquer estrutura governamental, incluindo, mas não limitado ao Governo Federal dos Estados Unidos, também usando ou monitorando este site ou qualquer um dos seus sites associados, NÃO tem a minha permissão para utilizar qualquer uma das informações do meu perfil, nem qualquer parte do conteúdo aqui contida, incluindo, mas não limitado às minhas fotos, e / ou os comentários feitos sobre as minhas fotos ou qualquer outra “imagem” de arte publicado no meu perfil. Você está aqui notificado que está est
ritamente proibido de revelar, copiar, distribuir, divulgar ou tomar qualquer outra ação contra mim com relação a este perfil e os conteúdos do mesmo. As proibições anteriores também se aplicam a seu empregado, agente de estudante, ou qualquer pessoal sob sua direção ou controle. O conteúdo deste perfil é privado e as informações confidenciais e sigilosas. A violação da minha privacidade pessoal é punível por lei. UCC 1-103 1-308.”


FECHAR
publicidade