Arquivo da tag: Paulo Câmara

cobrança

Júlio Cavalcanti cobra Paulo Câmara por pagamento de salários a motoristas de caminhões-pipa

Publicado em 04/05/2016 às 12:25 por em Notícias
Foto: reprodução do Facebook

Foto: reprodução do Facebook

Em discurso no Pequeno Expediente desta terça (3), o deputado Júlio Cavalcanti (PTB) criticou o Governo do Estado por atrasos no pagamento dos motoristas de caminhões-pipa que distribuem água para os municípios do Sertão. Segundo o parlamentar, que cobrou prioridade na solução da questão, há prestadores desse serviço que não recebem há um ano e três meses.

LEIA MAIS:

>> Silvio Costa Filho cobra explicações de Paulo Câmara sobre corte de R$ 600 milhões

“Os atrasos provocam prejuízos em cadeia. O Estado não paga os pipeiros, que por sua vez não pagam os postos de combustíveis. A economia de toda a região é prejudicada, mas, sem dúvida, quem mais sofre é o povo que depende da água dos caminhões para sobreviver”, afirmou.

O parlamentar informou que os atrasos se intensificaram quando o Executivo mudou a gestão do pagamento desses prestadores de serviço. Segundo ele, a responsabilidade pelo serviço era do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) e atualmente é da Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe). “Como representante do povo sertanejo, cobro providências do Governo para resolver esse problema que se arrasta desde o ano passado”, concluiu.

Tags: atraso, caminhões-pipa, deputado estadual, júlio cavalcanti, Paulo Câmara, Salário,
orçamento

Silvio Costa Filho cobra explicações de Paulo Câmara sobre corte de R$ 600 milhões

Publicado em 04/05/2016 às 9:52 por em Notícias

05.03-SILVIO-COSTA-FILHO-RS-1-e1462306988511

O deputado estadual Silvio Costa Filho, líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), cobrou nessa terça-feira (3) explicações do Governo do Estado sobre a situação financeira de Pernambuco. O deputado se referiu ao corte de R$ 600 milhões no orçamento deste ano, definido em reunião entre o governador Paulo Câmara e o secretariado no último fim de semana.

LEIA MAIS:

>> Silvio Costa Filho denuncia abandono do Bidu Krause
>> Silvio Costa Filho anuncia apoio da Força Sindical para sua campanha
>> Na Alepe, Silvio Costa Filho pede agilidade em debate sobre Arena Pernambuco

Para o parlamentar, é preciso que o Governo considere a redução da estrutura do Estado para poupar os serviços essenciais à população. “É preciso preservar serviços como saúde, educação e segurança. Se é necessário ter corte, que seja tirado de outras áreas, como publicidade, aluguel de veículos e consultorias”, defendeu.

O deputado também cobrou o detalhamento do contingenciamento de R$ 920 milhões realizado no ano passado, que ainda hoje não foi detalhado.

“O apelo ao governador é que antes de fazer qualquer novo corte, se esclareça quais as áreas mais afetadas no ano passado. Também apelamos para que se considere, seriamente, a redução do tamanho do Estado, com corte de secretarias e cargos comissionados”, ressaltou.

>> Waldemar Borges compara Silvio Costa Filho a nazista
>> Silvio Costa Filho cobra urgência em debate sobre Arena Pernambuco
>> No Recife, Silvio Costa Filho troca PTB pelo PRB para disputar cadeira de Geraldo Julio

Segundo Silvio, diante do quadro adverso que se enfrenta hoje, é importante que a Comissão de Finanças e o próprio Governo acertem uma data para que seja apresentado um diagnóstico da situação financeira de Pernambuco.

>> Silvio Costa Filho cobra solução para débito do Estado com o Hospital Português
>> Waldemar Borges diz que Silvio Costa Filho tenta mutilar a verdade por projeto político
>> ‘Se alguém usou a tática nazista de propaganda, foi o Partido Socialista Brasileiro’, rebate Silvio Costa Filho

“Precisamos discutir, efetivamente, medidas para enfrentar a crise, que passe pela reforma do Estado, e não apenas se enxugue gelo, anunciando corte de gastos quando há frustração de receitas. Só assim será possível priorizar as áreas mais sensíveis à população”, enfatizou.

Tags: deputado estadual, explicações, Orçamento, Paulo Câmara, Pernambuco, Sílvio Costa Filho,
desafio

No TCU, Paulo Câmara defende crescimento da participação do Nordeste no PIB brasileiro

Publicado em 03/05/2016 às 15:00 por em Notícias
paulo-Camara

Em encontro com o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) José Múcio Monteiro, nesta terça-feira (3), em Brasília, o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou que o Nordeste precisa ter maior participação na economia no País. “O Nordeste tem 28% da população do Brasil, mas responde apenas por 13,5% do Produto Interno Bruto (PIB) do País. Essa conta precisa mudar”, defendeu.

LEIA TAMBÉM
Paulo Câmara diz que o Nordeste é parte da solução para o Brasil

O desenvolvimento econômico da região será debatido em um seminário realizado pelo TCU em Fortaleza nos dias 21 e 22 de junho. Porém, o governador foi a Brasília para conhecer um diagnóstico do tribunal sobre o estados do Nordeste que será apresentado no seminário.

Entre os desafios expostos ao governador, os principais são inovação e infraestrutura, além de saneamento, emprego, sustentabilidade, educação e saúde.

Dados foram apresentados a Paulo Câmara nesta terça, em Brasília (Foto: Divulgação)

Dados foram apresentados a Paulo Câmara nesta terça, em Brasília (Foto: Divulgação)

Paulo Câmara participará do primeiro painel do encontro, intitulado ‘Antecipando o futuro a partir de uma visão de longo prazo’, falando, entre outros assuntos, sobre o Pernambuco 2035, um projeto lançado em 2013, no fim do governo de Eduardo Campos (PSB), com diretrizes e metas para o Estado.

LEIA MAIS
Crescimento da folha de pagamento dos servidores nos estados passou de 4,85% para 5,38% do PIB do Brasil

Além de se reunir com José Múcio Monteiro está na agenda de Paulo Câmara nesta terça-feira encontro com dirigentes do PSB, partido do qual é vice-presidente nacional. Lá, vai reforçar que é contra a ideia de a legenda ocupar cargos ministeriais em um eventual governo Michel Temer (PMDB), como adiantou o Jornal do Commercio. A bancada federal socialista tem feito pressão para o partido aceitar um possível convite para assumir pastas.

O socialista ainda encontrará Marina Silva (Rede) para afinar um cronograma para a realização de eventos a favor de novas eleições, uma proposta de ambos. Marina Silva quer começar por Pernambuco a campanha por eleições gerais.

Tags: desenvolvimento, Economia, Nordeste, Paulo Câmara, pib, Seminário, TCU,
Justiça estadual

Neves Baptista toma posse como desembargador do TJPE, nesta segunda

Publicado em 02/05/2016 às 12:00 por em Notícias
IMG_9622

O novo desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco, Sílvio Neves Baptista Filho, toma posse nesta segunda-feira (02.5), às 17h, na sala de sessões Desembargador Antônio de Brito Alves, no 1o. andar do Palácio da Justiça.

O desembargador foi eleito para a vaga do Quinto Constitucional destinada a representante da OAB/PE, foi nomeado em março e já está atuando na Câmara Regional em Caruaru.

A cerimônia solene reunirá o mundo jurídico do Estado e deve contar com a presença do governador Paulo Câmara, que escolheu o advogado em lista tríplice votada pelo TJPE.

A saudação ao colega será feita pelo desembargador Evandro Magalhães.

Neves Baptista, 43 anos, militou por mais de 20 anos como advogado nas áreas cível e de família e foi sócio do escritório Sílvio Neves Baptista Advogados Associados. Tem pós-graduação em Direito da Economia e da Empresa, pela Fundação Getúlio Vargas, e já atuou em várias instituições.

Por três mandatos foi Conselheiro Estadual da OAB/PE, nas funções de membro julgador do Tribunal de Ética e Disciplina e Presidente da Comissão do Exame de Ordem.

Tags: Câmara Regional em Caruaru, desembargador, Neves Baptista, OAB/PE, Paulo Câmara, Quinto Constitucional,
Brasilia em chamas

Sebastião Oliveira assume o comando do PR em Pernambuco e participa de convenção em Brasília

Publicado em 28/04/2016 às 11:23 por em Notícias
Sebastião Oliveira ao lado do ex-governador Eduardo Campos, de quem foi secretário. Foto: reprodução do Facebook

Um dia depois da votação do impeachment na Câmara dos Deputados, o Blog de Jamildo revelou que o deputado federal Anderson Ferreira, candidato a prefeito de Jaboatão, perdeu comando do PR no Estado. O blog informou ainda que a votação do impeachment poderia mudar cenário em Jaboatão dos Guararapes, se o partido não lhe der a legenda. Nesta quinta-feira, o site Farol de Notícias, de Serra Talhada, confirmou o que o Blog de Jamildo havia antecipado.

No site Farol de Notícias, de Serra Talhada

O deputado federal licenciado, Sebastião Oliveira, é o novo presidente do PR em Pernambuco.

A Comissão Provisória foi oficializada nessa quarta-feira (27) e o deputado já tem compromisso nesse domingo (1º).

O Diretório Nacional do Partido da República (PR) convocou Sebastião Oliveira à participar da convenção nacional em Brasília (DF). Ainda há possibilidades de ‘Sebá’ vir a compor a executiva nacional da legenda.

A relação entre a cúpula do PR e Sebastião Oliveira mudou desde a votação do pedido de abertura de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Na oportunidade, Sebastião Oliveira se absteve de votar justificando que seu desejo era pela convocação de novas eleições no Brasil, porque não acreditava no governo Dilma, nem tampouco num possível governo de Michel Temer.

Já o deputado Anderson Ferreira, que comandava a legenda em Pernambuco, se rebelou contra a orientação partidária e votou à favor do impeachment da presidente.

placar-do-impeachment

Por Jamildo Melo, editor do Blog

Muita gente não entendeu as razões pelas quais o secretário de Transporte de Paulo Câmara, Sebastião Oliveira, saiu de Pernambuco, foi até Brasília votar na sessão do impeachment e acabou se abstendo na hora h.

O que estava em jogo era o comando do PR, presidido nacionalmente por Valdemar Costa Neto.

Ainda indeciso, Sebastião Oliveira revela motivos para votar contra o impeachment de Dilma Rousseff

Governador de PE libera secretários para votar a favor do impeachment

O ex-deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP) foi condenado a 7 anos e 10 meses de prisão no processo do mensalão. Em 2014, foi liberado para cumprir o restante de sua pena em casa, progredindo do regime semiaberto para o aberto, depois de cumprir um sexto de sua pena. A autorização foi dada pelo relator do processo do mensalão no STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luís Roberto Barroso. Nas últimas semanas, de acordo com informações de bastidores, esteve em negociações com Lula, para ajudar Dilma.

Pois bem.

PB310511037

Sebastião Oliveira visava abiscoitar, de volta, o comando do partido no Estado, que havia sido tomado de Inocêncio Oliveira e repassado ao deputado federal Anderson Ferreira, atual presidente do PR no Estado.

O fato curioso é que a votação terá efeito na eleição de Jaboatão e Recife.

Valdemar Costa Neto havia chamado Anderson Ferreira e dito que ele havia prometido a Dilma fidelidade no voto na Câmara dos Deputados e que o pernambucano teria que votar com a presidente. Ferreira teria chorado, diante da pressão.

Valdemar Costa Neto disse que, se ele não votasse, o comando nacional iria lhe tomar o comando do PR em Pernambuco.

O presidente nacional também chamou Sebastião Oliveira para uma conversa e cobrou fidelidade. No domingo, dia da votação, Sebastião Oliveira divulgou uma nota marota em que já preparava o terreno para votar alinhado com Dilma, enquanto Anderson Ferreira aparecia nas listas de votos a favor do impedimento da petista.

Valdemar Costa Neto deu a Anderson Ferreira e a Sebastião Oliveira a opção de votar em Dilma ou se abster.

Ferreira votou sim ao impeachment e perdeu o comando do PR em Pernambuco.

Oliveira absteve-se e retomou o comando da legenda, que já foi dirigida no Estado pelo seu primo Inocêncio Oliveira, ex-presidente da Câmara dos Deputados.

A mudança do comando também pode acabar influindo na eleição de Jaboatão dos Guararapes e Recife.

Anderson Ferreira era candidato a prefeito pelo PR em Jaboatão e já havia lançado a pré-candidatura, com o apoio de mais de 10 vereadores.

Já Sebastião Oliveira, ligado ao prefeito Geraldo Julio e ao governador Paulo Câmara, tem agora poderes para impedir a candidatura, em um eventual acordo que beneficiaria tanto o prefeito tucano Elias Gomes (PSDB) como o prefeito socialista Geraldo Julio (PSB).

AgenciaBrasil021012_DSA9178-1024x685

“Sebastião Oliveira não vai deixar Anderson Ferreira sair candidato”, revela uma fonte do blog.

LEIA TAMBÉM:
Cadoca deixa o PCdoB e deve ir para PDT
Geraldo Julio nomeia esposa de Cadoca para os quadros da Prefeitura do Recife
Augusto Coutinho, Fernando Monteiro, Cadoca e Raul Jungmann voltam ao Congresso com saída de deputados

Danilo Cabral e Felipe Carreras devem deixar Governo de PE temporariamente para votar pelo impeachment

Tags: eleições no Recife, Geraldo Julio, Jaboatão, Paulo Câmara, pr, psb,
Boa notícia

Alunos de Santa Cruz do Capibaribe participarão de festival de Artes Cênicas, na Itália

Publicado em 26/04/2016 às 18:30 por em Notícias
Foto: Roberto Pereira/SEI

O governador Paulo Câmara recebeu, na tarde desta terça-feira (26.04), um grupo de dez estudantes da Escola Técnica Estadual (ETE) José Nivaldo Pereira Ramos, do município de Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste, que participarão da 9ª Reunião Internacional do Teatro da Juventude Sapperlot, em Bresseanone, na Itália. Com embarque previsto para esta noite, o grupo apresentará o espetáculo “Memórias da Vida”, permanecendo no continente europeu por uma semana.

Essa será a primeira vez que uma escola brasileira participa do evento, que contará com apenas 14 entidades de ensino de todo o mundo.

A viagem está sendo financiada com recursos do Governo do Estado, através de emenda parlamentar apresentada pelo deputado estadual Diogo Moraes. Ele destinou 50 mil de emenda para garantir as passagens.

“Estes alunos são um espelho para a juventude. Estamos muito orgulhosos e certos de que brilharão muito no Festival, onde terão uma grande troca de experiências, ganhando bagagem cultural e trazendo boas histórias para contar, incentivando outros adolescentes a trilharem um caminho tão bonito”, declarou emocionado Diogo Moraes.

Representando a primeira escola brasileira a participar do evento, os alunos do 2º ano dos cursos de Rede de Computadores e Administração compartilham da mesma ansiedade e expectativa. “Estamos embarcando hoje num sonho antigo. Vamos poder conhecer um pouco da cultura e costumes do local, além de poder aprender com pessoas de diferentes lugares do mundo. Espero que isso possa contribuir muito para o nosso desenvolvimento como pessoas e profissionais”, afirma, emocionada, a aluna Vitória Oliveira, de 16 anos.

“Como educadora, me sinto muito gratificada pela concretização deste momento. Essa conquista é fruto de muito esforço e dedicação desses alunos”, pontua a diretora da ETE José Nivaldo Pereira Ramos, Cristiane Farias, ressaltando a importância que a instituição pública teve no desenvolvimento do trabalho realizado. “Escola com essa estrutura e qualidade não se encontra em Santa Cruz do Capibaribe e em toda a vizinhança. Nossos alunos são muito bem preparados”, disse.

Tags: Agreste, Bresseanone, Escola Técnica Estadual, itália, Paulo Câmara, Santa Cruz do Capibaribe, Teatro da Juventude Sapperlot,
eleições municipais

Quem tem medo de João Campos?

Publicado em 26/04/2016 às 12:16 por em Notícias
blogs

Surfista em onda alheia, um deputado de oposição, que adora aparecer no Facebook, teria sido descoberto, através de um assessor, na tentativa de reunir documentos para tentar atingir o chefe de gabinete do governador, João Henrique Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos.

O objeto da “trapalhada” do oposicionista foi a viagem de João Campos para representar o próprio governador na entrega do “Prêmio Governante Eduardo Campos”, na sede do BID, nos Estados Unidos.

O deputado queria fazer um “alarde” na tribuna, dizendo que a viagem teria sido paga pelo Governo do Estado.

Ocorre que a viagem do chefe de gabinete foi perfeitamente legal, inclusive passando pelos procedimentos de praxe e autorizada no Diário Oficial, em publicação realizada em 20 de abril.

Mais uma “trapalhada” do gabinete do referido deputado, cuja assessoria já é reconhecida, nos corredores da Alepe, pela inaptidão e despreparo dos seus componentes.

Sem ter o que mostrar em seu mandato, resta tentar usar “manobras” midiáticas para tentar viabilizar alguma imagem pública. Há jornalistas que aplaudem coisas deste tipo.

Tags: João Campos, Paulo Câmara, psb, surfing,
eleições municipais

Daniel Coelho diz que acordo PSDB, PSB e Temer é boato e socialistas estão com medo

Publicado em 23/04/2016 às 17:12 por em Notícias

Nesta sexta-feira, o Blog de Jamildo revelou que Daniel Coelho pode ter sido rifado pelos tucanos nacionais, em acordo com PSB e Temer, na votação do impeachment.

Neste sábado, depois de uma viagem ao interior do Estado, o tucano reagiu, gravando um vídeo em que ataca os socialistas e diz que o suposto acordo não passa de boato.

Tags: Daniel Coelho, eleições municipais, Geraldo Julio, Impeachment de Dilma, Paulo Câmara, psb, PSDB,
eleições municipais

Daniel Coelho pode ter sido rifado pelos tucanos nacionais, em acordo com PSB e Temer, na votação do impeachment

Publicado em 22/04/2016 às 20:30 por em Notícias
Foto: Cássio Oliveira \ Blog de Jamildo

Por Jamildo Melo, editor do blog

Na terça-feira passada, o deputado federal tucano Daniel Coelho, pré-candidato a prefeito no Recife, fez uma evento na capital pernambucana, logo após a votação do impeachment, para anunciar o seu candidato a vice.

Em reserva, socialistas ironizaram o evento de Daniel Coelho chamando a atenção para a quantidade de lideranças presentes ao ato. As ausências eram muitas. De fato, lá não estavam nomes como o presidente do partido no Estado, Antônio Moraes, o deputado federal Bruno Araujo, o prefeito de Jaboatão, Elias Gomes, o deputado federal Betinho Gomes e o pré-candidato dos tucanos em Jaboatão, Evandro Avelar.

Nesta sexta-feira, os rumores nos bastidores políticos locais ajudam a explicar o que pode ter acontecido, colocando Daniel Coelho como vítima involuntária de um jogo nacional.

De acordo com essas versões de bastidor, o PSB, que sempre caminhou ao lado do PT e do PC do B, até 2014, aceitou participar de um acordo com o PMDB e o PSDB, acertado às vésperas da votação do impeachment da presidente Dilma, no domingo passado.

Antes do acordo, Paulo Câmara teria chegado a estar com o presidente Lula, em um hotel de Brasília, prometendo que não iria liberar os secretários para votar contra Dilma, no domingo. Neste encontro, Lula teria lembrado ao socialista o quanto ajudou Pernambuco e Paulo Câmara teria jurado que não iria tirar os secretários.

O acordo teria sido proposto ao PSB por Michel Temer e pela executiva nacional dos tucanos, ao perceberem que, sem os socialistas, a conta dos votos contra Dilma não passaria na Câmara dos Deputados.

Em nota pública após a derrota na votação, o PT de Pernambuco, de fato, reclamou publicamente que os socialistas deram o número de votos necessários para a aprovação do impedimento. No sábado antes da votação, mais uma vez, em outra nota, o PT local já havia cobrado uma posição publicamente ao governador Paulo Câmara.

Bruno-Ribeiro-624x413

PT de Pernambuco passa obras federais na cara e pede que Paulo Câmara apele a deputados federais do Estado por Dilma

Em dura nota oficial, PT de Pernambuco chama PSB de partido do golpe

“A história vai registrar é que a primeira etapa da farsa do impeachment foi aprovada por 367 votos na Câmara dos Deputados, quando bastavam 342. Ou seja, a violência contra a democracia e contra a soberania de 54 milhões de votos populares venceu com uma margem superior de 25 votos. Ora, a bancada do PSB possui 32 deputados federais e proferiu 29 votos aprovando o golpe, dentre estes os de todos os deputados da legenda em Pernambuco. Do Estado onde Dilma conquistou a maior vitória percentual do País no segundo turno em 2014 e, para a vergonha de milhões de pernambucanos, esses deputados deram os votos do quórum para o golpe, para afrontar e anular os votos dos eleitores pernambucanos para presidente. O PSB, então, foi o fiel da balança. Os votos de sua bancada teriam barrado o golpe na largada. Foram os votos decisivos do golpe. Isto, nem a história, nem notas agressivas poderão esconder ou escamotear. Não há como deixar de assumir a responsabilidade histórica por ter feito a diferença!”, reclamou o presidente do PT, Bruno Ribeiro.

“Eles vão caminhar com o PMDB. Vai ter ministério e tudo. Daniel se f… nesta história do impeachment”, diz uma fonte do blog, nesta sexta-feira.

“Daniel é uma das duas vítimas do impeachment em Pernambuco. A outra é Anderson Ferreira (que perdeu o controle do PR no Estado, depois de ter se recusado a votar a favor de Dilma)”,

Votação do impeachment muda cenário em Jaboatão dos Guararapes. Anderson Ferreira perde comando do PR

placar-do-impeachment

Pelo lado dos socialistas, quem teria promovido o acordo seria o deputado federal Heráclito Fortes (PSB/PI), com o aval de lideranças como o ex-candidato a vice na chapa de Marina Silva, Beto Albuquerque, além do governador Paulo Câmara.

Paulo Câmara, nas conversas para o fechamento do acordo, teria concordado, desde que o PSDB não tivesse candidato no Recife, em uma manobra que beneficiaria o candidato oficial, Geraldo Julio, do PSB, com menos um concorrente na disputa.  Com olho no cargo de vice no Recife, o PMDB também ganharia com o mesmo acordo.

Pelo PMDB, o acordo também contou com o aval do deputado federal Jarbas Vasconcelos. Na semana que passou, antes mesmo da votação, o acordo teria sido celebrado em um jantar na casa de Heráclito Fortes.

Pelo PSDB, deram aval ao acordo nomes como José Serra e Aloísio Nunes Ferreira. Serra é cotado para o ministério de Temer.

paulo-camara-lula

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), liberou quatro secretários, deputados federais licenciados, para voltar à Câmara e participar da votação do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff no próximo domingo (17).

O secretário das Cidades, André de Paula (PSD), de Transportes, Sebastião Oliveira (PR), de Planejamento, Danilo Cabral (PSB), e de Turismo, Felipe Carreras (PSB), eram a princiípio favoráveis ao afastamento da presidente.

Entre eles, o único que confirmou, até aquele momento, a ida ao Congresso já nesta quinta-feira (14) foi André de Paula, do PSD do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, que comunicou a Dilma a decisão da legenda a favor do impeachment.

Com a decisão de André de Paula, o suplente Raul Jungmann foi o primeiro deputado a ser afastado, mesmo votando a favor do impeachment.

Já o secretário de Turismo, Felipe Carreras, disse, em entrevista ao Blog, que pretendia reassumir o mandato apenas se o suplente não votar a favor do impedimento. “Estou
viajando para Brasília e, na quinta-feira, tenho uma reunião às 17h com o ministro do Turismo. Vou ver como vai ficar o quadro dos suplentes. Se o meu suplente contemplar o meu voto, eu não precisarei reassumir o cargo”, declarou.

Pela lógica dos socialistas, como o primeiro dos suplentes, Augusto Coutinho (SD), votaria contra Dilma, apenas três secretários precisariam deixar seus cargos. O governador deu declarações ao JC deixando-os todos livres para escolher. Com a fala pública, pode ter encoberto as negociações de bastidor.

Caso Danilo Cabral (PSB) e Sebastião Oliveira (PR) também deixasem o secretariado para reassumir o mandato, pela ordem, depois de Augusto Coutinho, seriam obrigados a ser substituídos os suplentes Fernando Monteiro, do PP, e Cadoca. Parte do PP estava ainda com Dilma, e Fernando Monteiro conseguiu nomear o pai no Dnocs em Petrolina, vencendo uma briga com Humberto Costa (PT) e desbancando petistas locais, mas na votação acabou votando a favor do impeachment. Eduardo da Fonte, idem.

Tags: Daniel Coelho, eleições municipais, Geraldo Julio, Impeachment de Dilma, Paulo Câmara, psb, PSDB,
educação

Ganhe o Mundo Musical seleciona primeiro grupo de estudantes pernambucanos para o Canadá

Publicado em 21/04/2016 às 18:34 por em Notícias
Foto: Aluisio Moreira/Sei

Foto: Aluisio Moreira/Sei

Os dez primeiros alunos selecionados pelo Programa Ganhe o Mundo (PGM) Musical foram recebidos pelo governador Paulo Câmara, nesta quarta-feira (20), no Palácio do Campo das Princesas. Os jovens músicos, com idades entre 15 e 17 anos, vão passar um semestre no Canadá com as despesas pagas pelo Governo do Estado. A expectativa para o embarque, que acontece em agosto, e a chance de desenvolver ainda mais as suas habilidades musicais em um outro país foram destacadas pelos estudantes no encontro com o gestor estadual. Além das aulas de música e canto, eles terão aulas regulares como acontece na modalidade tradicional do intercâmbio.

“Eles vão ter a oportunidade de aprimorar suas habilidades musicais e alcançar os seus sonhos. É isso que nós queremos para a nossa juventude. Ele têm que aprender logo cedo que com mérito e estudo é possível avançar mais”, disse o governador.

O governador explicou que o Ganhe o Mundo Musical surgiu em resposta à demanda existente na rede estadual. “O Conservatório Pernambucano de Música tem recebido essa pedido de seus alunos, além disso temos bandas musicais em nossas escolas públicas e muita gente participa de corais”, ressaltou.

Essa modalidade do Programa Ganhe o Mundo foi lançada em dezembro do ano passado e contou com mais de 100 inscritos. Os estudantes foram submetidos a três etapas na seleção: atender aos critérios gerais do PGM, análise da gravação de um vídeo de até três minutos (formato AVI ou MP4) e postado no site YouTube (youtube.com), e uma avaliação escrita com dez questões sobre pentagrama, notação musical, claves, compassos e alterações. Nesta fase, 40 candidatos participaram de uma audição, com a execução de uma peça de livre escolha. Todo o processo foi realizado em parceria com o Conservatório Pernambucano de Música (CPM) e o resultado foi divulgado em 12 de fevereiro deste ano.

No Canadá, os alunos irão passar um semestre letivo custeados pelo Governo do Estado. Além disso, eles também vão receber uma bolsa mensal no valor de R$ 719,00. Para o secretário de Educação, Frederico Amâncio, o incentivo é bom para o aluno, que amplia suas habilidades, e para o Estado, que forma cidadãos com um amplo conhecimento do mundo. “Esse primeiro grupo será o nosso piloto. Após essa experiência, vamos avaliar uma possível ampliação e os devidos ajustes na modalidade”, afirmou Amâncio, reiterando que os jovens vão servir de inspiração para os demais e também fora da comunidade escolar.

Tags: Ganhe o Mundo, Governo de Pernambuco, música, Paulo Câmara,