Arquivo da tag: Paulo Câmara

sessão solene

Chapa socialista embarca para Brasília para acompanhar homenagem a Eduardo Campos

Publicado em 02/09/2014 às 7:39 por em Eleições, Notícias
Foto: BlogImagem

Foto: BlogImagem

A chapa socialista ao Governo de Pernambuco embarcou logo no início da manhã desta terça-feira (2) para Brasília para acompanhar a sessão solene em homenagem ao ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, falecido no dia 13 de agosto em um acidente aéreo ocorrido na cidade de Santos, no litoral de São Paulo.

Num avião de carreira, embarcaram o candidato a governador, Paulo Câmara (PSB), o vice Raul Henry (PMDB) e o candidato ao Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB). Junto com eles, o presidente do PSB de Pernambuco, Sileno Guedes.

No mesmo voo, também embarcou o deputado federal João Paulo (PT), que disputa a vaga do Senado com FBC. Os dois adversários pegaram a mesma fila, mas não chegaram a se falar.

A sessão solene em homenagem ao ex-governador está marcada para as 15h. O governador João Lyra Neto (PSB) também confirmou presença.

Leia também: Câmara Federal terá sessão solene para homenagear Eduardo Campos

Tags: Eduardo Campos, Eleições, Eleições 2014, fbc, João Paulo, Paulo Câmara, psb, PT,
alfinetou

Paulo Câmara rebate Armando e promete combater quem não gosta de pagar imposto

Publicado em 01/09/2014 às 17:56 por em Eleições, Notícias
Foto: BlogImagem

Foto: BlogImagem

Durante a sabatina promovida pela rádio JC News na tarde desta segunda-feira (1º), o ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara (PSB), candidato ao Governo de Pernambuco, rebateu a crítica do senador Armando Monteiro Neto (PTB) que, em Santa Cruz do Capibaribe, disse que não foi até o município para cobrar imposto.

“Ele se preocupa muito sem conhecer esse assunto. Ele não conhece a máquina pública, por isso passa uma imagem falsa”, afirmou.

“Não vamos sacrificar nenhuma categoria. Quem não gosta de pagar imposto, esse aí a gente vai ter que combater”, disse, alfinetando o adversário.

Paulo Câmara evitou confirmar, porém, se estava sugerindo que o adversário defendia a sonegação fiscal.

Câmara ainda defendeu o Estado e prometeu melhorar a arrecadação, sem aumentar imposto.

“O governo do que eu participei desde o início não apresentou nenhum projeto aumentando ICMS, IPI, nenhum imposto”, garantiu.

Tags: Armando Monteiro, Eleições, Eleições 2014, Paulo Câmara, psb, PTB,
sabatina

Não dependemos só de recursos federais, garante Paulo Câmara na JC News

Publicado em 01/09/2014 às 16:53 por em Eleições, Notícias
Foto: BlogImagem

Foto: BlogImagem

Sabatinado na tarde desta segunda-feira (1º) pela Rádio JC News, o ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara (PSB) rebateu o principal mote da campanha do seu adversário na corrida pelo Governo de Pernambuco, Armando Monteiro Neto (PTB). de que a parceria com o governo federal foi o que fez com que o Estado avançasse durante a gestão do ex-governador Eduardo Campos (PSB).

“Não dependemos única e exclusivamente de recursos federais”, afirmou Paulo Câmara, que afirmou que a fonte responde por apenas 23% dos investimentos pernambucanos. O candidato socialista também afirmou que vai manter a capacidade de investimento de Pernambuco arrecadando melhor, apresentando bons projetos para o Planalto e mantendo a política de captação de dinheiro através de empréstimos.

Paulo Câmara também disse que é preciso cobrar a responsabilidade do governo federal na realização de obras prometidas no Estado e criticou o atraso no Arco Metropolitano. “Pegar a paternidade de um projeto que era nosso”, questionou.

Ele também garantiu que manterá a proximidade com o próximo presidente citando a eleição da ex-senadora Marina Silva (PSB), que já empata nas pesquisas com a presidente Dilma Rousseff (PT). “A presidente Marina Silva tem compromisso com Pernambuco”, garantiu.

Durante todo o debate, Paulo Câmara fez questão de se apresentar como o herdeiro político de Eduardo Campos e como alguém preparado, que tem conhecimento da máquina pública estadual. O socialista foi secretário de Administração, Turismo e Fazenda.

“Estou no governo desde o primeiro dia”, afirmou o candidato, que se declarou como um representante da “nova política”.

Por duas vezes, Câmara falou no aumento de aporte de recursos do Estado para o sistema de transporte público do Grande Recife e para ajudar na criação de escolas públicas integrais nos municípios.

Apesar disso, Câmara se mostrou confiante. “A gente sabe onde buscar recursos”, voltou a responder, ao ser questionado sobre a promessa de dobrar o salário dos professores ao longo do mandato.

Tags: Eleições, Eleições 2014, Paulo Câmara, psb,
eleições 2014

Candidatos a governador de Pernambuco são sabatinados na JC News esta semana

Publicado em 01/09/2014 às 12:53 por em Eleições, Notícias
Candidatos que disputam uma vaga no Palácio do Campo das Princesas. Foto: montagem NE10

Foto: montagem NE10

Do NE10

O candidato a governador de Pernambuco pela Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), estreia, nesta segunda-feira (1º), as sabatinas com os postulantes ao cargo que acontecerão esta semana na rádio JC News.

A entrevista é das 15h às 16h, no estúdio da emissora, no Recife. Com o âncora Everson Teixeira, farão as perguntas ao socialista os jornalistas Jamildo Melo, editor do blog do NE10 que leva seu nome, e Jorge Cavalcanti, do Jornal do Commercio.

O próximo a ser sabatinado é Armando Monteiro Neto (PTB), na quarta (3), pelos mesmos jornalistas. O último será Zé Gomes (PSOL), na sexta (5), também por Everson Teixeira e Jamildo Melo, além de Rafael Souza, jornalista da Rádio Jornal. Os horários são sempre das 15h às 16h.

Os programas são transmitidos também pelo site da JC News. Os ouvintes podem participar pelo telefone (81) 3413.6336 e pelo e-mail sabatina@radiojcnews.com.br.

As entrevistas são divididas em dois blocos de aproximadamente 30 minutos com duas rodadas de perguntas, cada uma com quatro questionamentos. No fim, cada candidato terá dois minutos para as considerações finais.

Tags: Armando Monteiro, Eleições, Eleições 2014, Paulo Câmara, psb, psol, PTB, Zé Gomes,
Eleições 2014

Paulo Câmara critica atuação do governo federal em políticas para os municípios

Publicado em 01/09/2014 às 12:30 por em Eleições, Notícias
Fotos: Aluísio Moreira (PTB) e Léo Caldas (PSB)

Fotos: Aluísio Moreira (PTB) e Léo Caldas (PSB)

Em ato realizado nesse domingo (31) em Maraial, na Zona da Mata Sul, o candidato do PSB ao Governo de Pernambuco, Paulo Câmara, criticou a atuação do Governo Federal nas políticas para os municípios. “Não vou esperar pelo Governo (Federal)”, disse o socialista.

Paulo afirmou que, ao retirar verbas do Estado e dos municípios, a União praticou uma política perversa. O candidato disse ainda que, caso eleito, trabalhará em conjunto com os prefeitos para desenvolver suas localidades. “Mostramos que o Estado pode ser estratégico nessa questão, como fizemos com o FEM, que salvou muitas prefeituras da falência e vai virar política de Estado em nosso Governo”, disse Paulo.

As alegações do Paulo Câmara foram feitas no mesmo dia em que Armando Monteiro (PTB), principal adversário de Câmara na disputa pelo Governo de Pernambuco, firmou o compromisso de trabalhar em parcerias com as prefeituras do Estado.

Em ato público no município de Pombos, Armando criticou, baseado em queixas que recebeu da população do município, o não atendimento às demandas do município como a recuperação da PE-58, a qualidade da merenda escolar, além de queixas relativas ao “Pacto Pela Vida” e à Compesa.

Tags: Armando Monteiro, Eleições 2014, Governo Federal, Municípios, Paulo Câmara, psb, PTB,
disputa por espaço

Armando Monteiro e Paulo Câmara prestigiam Romaria de Frei Damião

Publicado em 01/09/2014 às 9:14 por em Eleições, Notícias
Foto: Léo Caldas/PTB

Foto: Léo Caldas/PTB

No mesmo dia, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) e o ex-secretário da Fazenda Paulo Câmara (PSB) participaram da Romaria de Frei Damião, em São Joaquim do Monte, cidade de 21 mil habitantes no Agreste pernambucano. A romaria, que existe há mais de 20 anos, costuma reunir até 160 mil fiéis.

“Não é a primeira vez que venho participar desta grande festa. Já conhecia a beleza e a força deste evento. A partir de 2015, estarei aqui em São Joaquim do Monte todos os anos, como governador, para prestigiá-la”, garantiu Paulo Câmara.

“Eu venho todos os anos e faço isso com muita satisfação”, afirmou, por sua vez, Armando Monteiro. Ele participa da romaria pela quinta vez.

Foto: Rodrigo Lobo/PSB

Foto: Rodrigo Lobo/PSB

ARPE – Além da disputa por espaço dos dois candidatos, outro fato chamou atenção. Enquanto Paulo Câmara foi acompanhado pelo governador João Lyra Neto (PSB), Armando Monteiro esteve lado a lado com o presidente Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe), Roldão Joaquim (PDT).

Apesar de continuar no órgão estadual, Roldão Joaquim apoia o candidato petebista porque o PDT ocupa a vice, com o deputado federal Paulo Rubem (PDT). As bases eleitorais de Rubem trabalham para eleger a vereadora do Recife Isabella de Roldão, filha de Joaquim, para a Câmara Federal.

Tags: Armando Monteiro, Eleições, Eleições 2014, Paulo Câmara, psb, PTB,
eleições 2014

Nunca vim cobrar imposto de ninguém, alfineta Armando Monteiro em Santa Cruz do Capibaribe

Publicado em 01/09/2014 às 8:59 por em Eleições, Notícias
Foto: Léo Caldas/PTB

Foto: Léo Caldas/PTB

Durante um comício em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) alfinetou o principal adversário na disputa pelo Governo do Estado, Paulo Câmara (PSB), que foi secretário da Fazenda na gestão Eduardo Campos. “Nunca vim aqui para cobrar impostos de ninguém. Pelo contrário, vim para plantar o progresso dessa região”, afirmou Armando, que disse ter história política com a cidade. O prefeito Edson Vieira (PSDB) apoia Câmara.

De acordo com a pesquisa divulgada nesse sábado (30) pelo Instituto Maurício de Nassau (IPMN), Armando e Câmara estão tecnicamente empatados na disputa para governador. O petebista aparece com 32% e o socialista com 28%. A margem de erro é de 2%.

“Vocês tenham certeza de que Armando vai olhar para o Agreste, para os micros e pequenos empresários, para a população mais humilde, enfim, para todos, sempre pensando o melhor de Pernambuco”, disse o deputado federal João Paulo (PT), que disputa o Senado na chapa do PTB.

Já o senador Humberto Costa (PT) levantou questionamento sobre um governo sem o apoio da presidente Dilma Rousseff (PT) e do ex-presidente Lula (PT). “Pernambuco e o Brasil não podem voltar atrás e parar. Tem que eleger Armando Monteiro, João Paulo e a presidente Dilma”, pediu.

Tags: Armando Monteiro, Eleições, Eleições 2014, Paulo Câmara, psb, PTB,
socialistas comemoram

“É só o começo”, diz Paulo Câmara sobre pesquisa IPMN/JC

Publicado em 31/08/2014 às 13:10 por em Notícias
Foto: Wagner Ramos/Divulgação

Foto: Wagner Ramos/Divulgação

Em empate técnico com Armando Monteiro Neto (PTB), o candidato a governador de Pernambuco pela Frente Popular, Paulo Câmara (PSB), comemorou o resultado da pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Mauricio de Nassau (IPMN) e divulgada nesse sábado (30). “E é só o começo. Vamos continuar crescendo, crescendo e crescendo”, afirmou o socialista após carreatas nos municípios de Itapetim e Tuparetama, no Sertão, região onde o adversário tem o melhor desempenho.

A segunda rodada de pesquisas IPMN o candidato do PSB aparece com 28% das intenções de voto, contra 10% que somava no início do mês, antes da morte do seu padrinho político Eduardo Campos (PSB) em desastre aéreo. Armando está com 32%, uma queda em relação aos 37% que tinha antes. Porém, no Sertão, o petebista ganharia por 44% a 24%.

LEIA MAIS
» Pesquisa da Nassau mostra Armando Monteiro com 32% e Paulo Câmara com 28%, em situação de empate técnico
» Mostrando contradição entre eleitores, Armando é o mais rejeitado, mas também mais admirado
» Em eleição aberta para o Senado, dez pontos separam João Paulo e Fernando Bezerra Coelho
» Humberto Costa questiona dados da pesquisa da Nassau

Apesar do crescimento, Paulo Câmara disse que continuará a campanha normalmente. “Mas não quero ver a nossa militância achando que já ganhamos. Vamos seguir trabalhando, visitando cada município desse Estado para levar nossas bandeiras e nossas ideias. O trabalho só vai aumentar”, disse. Neste fim de semana, está em agenda intensa, com sete carreatas e seis caminhadas em Pernambuco.

Tags: campanha 2014, Eleições 2014, Governo de Pernambuco, Paulo Câmara, pesquisa IPMN/JC,
contra adversários

Paulo Rubem alfineta: Propaganda pode muito, mas na hora de governar não faz muita coisa

Publicado em 31/08/2014 às 12:32 por em Notícias
Foto: Leo Caldas/Divulgação

Foto: Leo Caldas/Divulgação

O candidato a vice-governador de Pernambuco na chapa de Armando Monteiro Neto (PTB), o deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT) parece ter sido escolhido para tomar a frente das críticas feitas aos adversários da Frente Popular. Depois de questionar sobre incentivos fiscais à empresa que comprou avião que transportava Eduardo Campos (PSB), o parlamentar provocou: “A propaganda pode muito, mas na hora de governar, não faz muita coisa.”

No guia eleitoral na televisão, Paulo Câmara (PSB), tem quase o dobro que Armando.

O comentário foi durante caminhada realizada no distrito de Bonança, em Moreno, na Região Metropolitana do Recife, neste domingo (31), em que Armando deixou mais de lado o discurso de continuidade para disparar críticas à gestão socialista no Estado. “Está na hora do povo de Pernambuco substituir esse grupo que está aí, de forma independente”, disse. Segundo a assessoria de imprensa do petebista, aproximadamente mil pessoas participaram do ato.

Um dos principais alvos do candidato foi o saneamento básico. Argumentando ter ouvido várias queixas sobre o assunto na caminhada de uma hora, incluindo de que  uma obra de ligação das caixas de coleta se arrasta há anos, Armando prometeu dar maior atenção na cobertura sanitária, porém não detalhou quais são os planos para o tema. O petebista ainda propôs a ampliação da rede estadual de saúde e uma política de recuperação da malha viária.

Tags: Armando Monteiro, campanha 2014, crítica, Eleições 2014, Paulo Câmara, Paulo Rubem, propaganda,
opinião e informação

Por trás dos números da pesquisa do Instituto Nassau

Publicado em 30/08/2014 às 12:25 por em Notícias
Foto: reprodução do Facebook

Foto: reprodução do Facebook

Por Maurício Costa Romão, especial para o Blog de Jamildo

Mais uma vez é oportuno lembrar Ortega Y Gasset: “O homem é ele e suas circunstâncias”.

As “circunstâncias” que embalam a candidatura de Paulo Câmara sempre foram, desde o seu lançamento, eleitoralmente muito fortes. Vinte e um partidos coligados, com proporcionais pedindo voto para a majoritária, metade do tempo de rádio e TV, inúmeros prefeitos aliados, com suas bases de vereadores, cabos eleitorais, candidatura bancada por governo muito bem avaliado e lançada por governador de grande prestígio e popularidade, etc.

O “homem” se encaixava como lídimo suporte das circunstâncias: pessoa jovem, bem apessoada, íntegra, dedicado à família, trabalhador, técnico competente, reverenciado por onde passou, etc.

Juntavam-se, então, os ingredientes do homem e das circunstâncias para tornar a candidatura de Paulo Câmara altamente competitiva. Enfrentava, todavia, um concorrente com histórico pessoal, político e profissional invejável. Sabedor e orgulhoso dos seus qualificativos, Armando Monteiro desde sempre se dispôs a candidatar-se a governador. Não obtendo apoio junto à aliança que lhe havia elegido senador, abraçou carreira solo e o fez com méritos.

Percorreu todo o estado, celebrou alianças importantes, juntou-se ao PT, de grande densidade eleitoral no Recife, montou uma chapa majoritária muito bem credenciada, e fez uso de sua experiência para verbalizar discursos críticos coerentes, mesmo em disputa contra um governo de larga aprovação do povo.

As pesquisas que se sucederam umas às outras, até a morte de Eduardo Campos, apontavam o combativo senador bem à frente de Paulo Câmara. Tudo indicava, todavia, que o “homem e suas circunstâncias” iriam portar melhores números de intenção de votos, a partir do Guia Eleitoral, especialmente porque as pesquisa do IPMN mostravam que Paulo era desconhecido por 60% da população pernambucana.

Quis o destino que essa fundada expectativa fosse materializada muito mais rapidamente do que se esperava. Os números agora disponíveis, em ascensão meteórica, foram propelidos por uma alavanca de alto conteúdo emocional: o precoce e trágico desaparecimento de Eduardo Campos. Os contendores, nesta pesquisa do IPMN, já estão em empate técnico. Entretanto, a cautela sugere esperar os próximos levantamentos eleitorais para avaliar o contorno das novas configurações de voto.

Mas dado o clima que se formou em torno da campanha pessebista, a partir dos números do Ibope e do IPMN, não seria ousadia prever que tais números continuem em trajetória ascendente para Paulo Câmara.

Maurício Costa Romão, Ph.D. em economia, é consultor da Contexto Estratégias Política e Institucional, e do Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau.

Tags: Armando Monteiro Neto, Blog de Jamildo, Eleições, fbc, João Paulo, Nassau, Paulo Câmara,