publicidade
12/07/18
Foto: Guga Matos/JC Imagem
Foto: Guga Matos/JC Imagem

‘A ala pernambucana do PSB é a maior do Brasil’, diz Paulo Câmara

12 / jul
Publicado por Douglas Fernandes em Eleições 2018 às 11:20

Após se reunir com a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffman, nesta quinta-feira (12), o governador Paulo Câmara (PSB) negou que a ala que defende o apoio à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) esteja isolada no partido. Vice-presidente nacional do PSB, o socialista subiu o tom e disse que os defensores da aliança com os petistas, como ele, saem na frente na discussão eleitoral por conta do peso dos pernambucanos na legenda.

“A ala pernambucana do PSB é a maior do Brasil e só por isso já saímos na frente. E evidentemente, nós não estamos isolados. A maioria dos partidos do PSB no âmbito do Nordeste defende essa aliança. E em alguns Estados também do Norte e do Centro-Oeste também. E do Sudeste”, disse o governador aos jornalistas ao lado da senadora petista. Entre os socialistas, já há uma maioria que defende o apoio ao ex-governador Ciro Gomes (PDT).

A senadora Gleisi Hoffman (PT-PR) desembarcou em Pernambuco nessa quarta-feira (11) e se reuniu no mesmo dia com a Direção estadual do PT e com a vereadora e pré-candidata ao governo do Estado Marília Arraes, com quem teve uma reunião reservada após a conversa com a cúpula petista do Estado. Gleisi também jantou com Renata Campos, viúva do ex-governador Eduardo Campos.

“Evidentemente, o PSB é um partido democrático e tem candidaturas majoritárias em vários Estados e a gente tem que respeitar tudo isso. Mas, no âmbito da nossa direção estadual e também nas nossas discussões nacionais, nós vamos levar ao Congresso esse posicionamento de Pernambuco em favor da aliança formal com o PT”, afirmou Paulo Câmara.

Em mais uma agenda na capital pernambucana, Gleisi veio acompanhada do deputado federal Paulo Texeira (PT-SP), um dos autores do pedido de habeas corpus causou um briga judicial no último domingo (8), e do vice-presidente nacional do PT, Márcio Macedo. Sob reserva, petistas afirmam que tanto Texeira como Macedo defendem uma aliança com o PSB.



FECHAR