publicidade
20/04/18
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

Paulo Câmara nega ter discutido impeachment com Bruno Araújo

20 / abr
Publicado por Amanda Miranda em Instant Articles às 19:35

Mirando a aliança com o PT, o governador Paulo Câmara (PSB) rebateu nesta sexta-feira (20), em nota, uma declaração do deputado federal Bruno Araújo (PSDB-PE), liderança do grupo Pernambuco Quer Mudar. Mais cedo, o tucano afirmou que o socialista e o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), teriam sentado com ele para articular o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). “Nunca, nem eu e nem Geraldo, nos sentamos com ele para discutir a questão do impeachment”, negou o governador.

“O deputado Bruno Araújo deveria se preocupar com o partido dele em Pernambuco, que se esvaziou sob o seu comando”, alfinetou Paulo Câmara na nota. “É bom lembrar que tanto o PSDB quanto o DEM deixaram nossa base política. Nesse episódio do impeachment, o PSB foi um dos últimos partidos a se definir. E fez isso de forma clara e transparente. E, ao contrário do deputado, não quis fazer parte do Governo Temer.”

Bruno Araújo foi do grupo conhecido como G8, que articulou o afastamento da ex-presidente, e deu o voto de número 342, decisivo para a abertura do processo de impeachment na Câmara dos Deputados.



FECHAR