publicidade
06/12/17
Foto: Ennio Benning/Divulgação
Foto: Ennio Benning/Divulgação

Com menos recursos para Adutora do Agreste, Paulo pede emenda

06 / dez
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 17:57

O governador Paulo Câmara (PSB) foi a Brasília nesta quarta-feira (6) cobrar ao ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, a liberação de recursos de emenda da bancada pernambucana para a Adutora do Agreste. A verba é de R$ 126 milhões e o socialista quer R$ 70 milhões, valor que, segundo ele, é essencial para que as obras não sejam paralisadas novamente.

LEIA TAMBÉM
» Diogo Moraes critica governo Temer pela queda de repasses para conclusão da Adutora do Agreste
» Paulo Câmara diz que faltam R$ 680 milhões para conclusão da Adutora do Agreste

Segundo o Governo do Estado, este ano foi o de menores repasses para a Adutora do Agreste. Foram liberados até agora R$ 67 milhões, enquanto em 2016 o valor chegou a R$ 136 milhões e em 2015, quando a presidente ainda era Dilma Rousseff (PT), foi de R$ 94 milhões. No ano passado, quando o valor foi mais alto, o PSB votou a favor do impeachment da petista e a favor do governo Michel Temer (PMDB).

» Ministro confirma transferência de R$ 160 milhões do Ramal para a Adutora do Agreste
» Presidente da Compesa quer R$ 30 mi por mês para Adutora do Agreste em 2017

Paulo Câmara levou para a reunião o presidente da Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento), Roberto Tavares, que tem criticado a redução de repasses, além do secretário estadual de Habitação, Kaio Maniçoba, filiado ao PMDB, partido do ministro, e do deputado federal Fernando Monteiro (PP).



PUBLICIDADE
FECHAR