publicidade
13/09/17
Foto: Moreira Mariz/Agência Senado
Foto: Moreira Mariz/Agência Senado

FBC promete responder a Jarbas na tribuna do Senado, nesta quarta

13 / set
Publicado por Camila Souza em Notícias às 9:00

O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) subiu na tribunal da Câmara dos Deputados nessa terça-feira (12), para fazer duras críticas ao senador Fernando Bezerra Coelho, filiado ao PMDB há uma semana. Agora chegou a vez do ex-socialista FBC, que vai responder nesta quarta-feira (13), na tribuna do Senado o discurso de Jarbas.

Além de “traidor” e de “falta de respeito” a atitude do senador em articular com o presidente nacional da sigla, Romero Jucá, a tomada do comando da legenda, que é tradicionalmente do grupo Jarbas e hoje é do vice-governador Raul Henry, Jarbas ainda fez o “histórico” do senador e dos interesses de FBC para 2018 em Pernambuco.

LEIA TAMBÉM
» PMDB de Pernambuco não pode ser extensão dos interesses familiares de FBC, diz Jarbas
» Raul Henry busca executiva nacional contra intervenção no PMDB de Pernambuco
» A entrada de FBC no PMDB ocorreu de forma traiçoeira, indigna e desleal, diz Raul Henry

Ainda em seu discurso, Jarbas ainda declarou que Pernambuco não pode ser extensão dos interesses familiares de FBC, visando que seus filhos, ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, e  o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, são dissidentes do PSB. “Fernando Bezerra Coelho tem uma história marcada por adesismos de ocasião” acusou, citando que FBC passou pelo PDS, pelo PMDB, pelo PSS, e por último, pelo PSB.

Nessa terça, a executiva estadual do PMDB se reuniu para lançar uma nota, que será encaminhada a Romero Jucá, em reação a ameaça de dissolução do diretório estadual e a perda do comando par o senador. FBC pretende levar à sigla para oposição nas eleições majoritárias em 2018. 

» A entrada de FBC no PMDB ocorreu de forma traiçoeira, indigna e desleal, diz Raul Henry
» FBC diz que pediu a Jucá para informar a Jarbas condições de ida ao PMDB
» FBC coloca filho como alternativa para disputa com Paulo Câmara

Os peemedebistas pernambucanos prometeram uma ofensiva para manter o comando do partido “para preservar a identidade, a história e o patrimônio político do PMDB de PE em todas as frentes”, o que sinaliza que irão judicializar a questão caso a Executiva Nacional queira intervir no diretório. 

» Sileno Guedes diz que Jarbas reafirma aliança com Paulo, apesar de FBC

“O que nós não admitimos e não vamos admitir é alguém entrar no partido querendo destituir a direção estadual e mudar a orientação do partido, como se o PMDB de Pernambuco não tivesse história”, afirmou o vice-governador Henry.

Um dos objetivos de FBC é levar o partido para a oposição ao governo Paulo Câmara (PSB), que hoje o tem como principal aliado. O PMDB tem quatro secretarias. Antes mesmo da filiação no partido, o senador FBC já estava se articulando para formar uma nova frente de oposição no estado, que conta com os ministros Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho, além do senador Armando Monteiro (PTB).

Confira o discurso de Jarbas Vasconcelos:



PUBLICIDADE
FECHAR