publicidade
11/09/17
Foto: Diego Nigro / JC Imagem
Foto: Diego Nigro / JC Imagem

A entrada de FBC no PMDB ocorreu de forma traiçoeira, indigna e desleal, diz Raul Henry

11 / set
Publicado por Camila Souza em Notícias às 12:34

“A entrada de Fernando Bezerra Coelho é uma forma incorreta, traiçoeira, indigna e desleal para dizer que entra no partido para assumir o comando do partido em Pernambuco”, afirmou o vice-governador e presidente do PMDB em Pernambuco, Raul Henry, durante entrevista à Rádio Jornal, na manhã desta segunda-feira (11). Henry ainda afirmou que pode recorrer à Justiça para não perder o comando para o mais novo peemedebista.

O Raul Henry reagiu contra a destituição da executiva estadual, após a filiação do senador Fernando Bezerra Coelho ao PMDB com a promessa de traçar um novo projeto para Pernambuco e levando a sigla para a oposição do governador Paulo Câmara (PSB) nas eleições majoritárias de 2018.

LEIA TAMBÉM
» Pernambuco 2018 e seus príncipes
» FBC coloca filho como alternativa para disputa com Paulo Câmara
» Agora no PMDB, FBC vira vice-líder do governo. PSB escolhe novo líder terça

O vice-governador ainda prometeu judicializar a entrada do senador, já que ele pode recorrer a Justiça Eleitoral para mantê-lo no comando do partido. “O que nós vimos foi uma apunhalada pelas costas com o senador entrando dizendo que já entrou para mudar a direção estadual do partido, para atropelar a liderança de Jarbas, para desmoralizar a liderança de Jarbas, dar uma nova orientação do partido em Pernambuco. Vamos lutar em todas as frentes, judicializar se for necessário”, Henry.

» Jucá diz que acertou troca no PMDB com Jarbas; deputado nega e critica FBC
» FBC chega ao PMDB defendendo reformas de Temer

Isso é inaceitável, isso é indigno, nos não vamos permitir que isso aconteça e vamos lutar em todas as frentes para não permitir que isso aconteça e que essa violência se consume em Pernambuco”, declarou. O PMDB de PE se reúne novamente nesta terça-feira (12), para discutir sobre quais ações serão tomadas a respeito da entrada do senador FBC na legenda.



PUBLICIDADE
FECHAR