publicidade
08/09/17
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

FBC diz que pediu a Jucá para informar a Jarbas condições de ida ao PMDB

08 / set
Publicado por Amanda Miranda em Notícias às 10:30

A filiação do senador Fernando Bezerra Coelho provocou atrito na direção estadual do partido, que reagiu à tentativa do presidente nacional da sigla, Romero Jucá, de entregá-lo o comando local da legenda, tradicionalmente do deputado federal Jarbas Vasconcelos. Em entrevista à Rádio Jornal nesta sexta-feira (8), para minimizar a crise, FBC adotou a estratégia de Jucá de enfatizar que dialoga com o parlamentar.

O senador afirmou ter entrado em contato com Jarbas por telefone quando decidiu migrar do PSB para o PMDB, pedindo uma reunião. “Tive o cuidado que a direção nacional informasse às lideranças em Pernambuco em que condições eu estaria ingressando no PMDB”, disse ainda. No ato de filiação de FBC, na última quarta-feira (6), Jucá afirmou ter conversado com Jarbas e que ele teria ficado satisfeito com a candidatura ao senado, o que o deputado negou em nota que ainda falava em “autoritarismo”.

LEIA TAMBÉM
» FBC coloca filho como alternativa para disputa com Paulo Câmara
» Impopularidade de Temer é passageira, diz Fernando Bezerra

Além de conseguir o comando do partido, FBC articula para que o PMDB tenha candidato próprio contra Paulo Câmara (PSB) em 2018, com o nome sendo o dele mesmo ou o do filho, o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho.

A travessia para a oposição foi outro motivo que irritou as lideranças locais da legenda, hoje principal aliada dos socialistas na gestão estadual. O presidente estadual é Raul Henry, vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico de Paulo Câmara. Ele e Jarbas podem recorrer à Justiça Eleitoral contra a dissolução do diretório pretendida por Jucá, o que só deverá ser definido na próxima semana, quando Henry volta da Ásia, onde está em viagem oficial.

» Agora no PMDB, FBC vira vice-líder do governo. PSB escolhe novo líder terça
» FBC chega ao PMDB defendendo reformas de Temer
» Jucá diz que acertou troca no PMDB com Jarbas; deputado nega e critica FBC

Fernando Bezerra Coelho admitiu que estava em tratativas com o Democratas desde junho, diante do rompimento com o PSB. Ele relatou ter sido procurado pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), para que conversasse com Jucá sobre a migração para o PMDB, o que foi articulado nas últimas semanas.

» FBC será candidato do PMDB em Pernambuco, confirma Jucá
» Jucá diz que PMDB articula candidato à presidência em 2022

FBC disse que alertou a Jucá sobre o atrito com a direção estadual. “Eu disse a ele que, saindo do PSB, o caminho natural seria formar frente política de oposição ao atual governador. Participariam Democratas, PSDB, PTB e outros partidos, mas poderia haver dificuldade, já que o PMDB de Pernambuco tem aliança com o PSB”, contou. “Ele disse que falaria com membros da executiva nacional e com líderes do partido em Pernambuco. Uma semana depois, retornou que as conversas com Jarbas tinham sido positivas.”

Segundo o senador, ele procurou Jarbas em uma sessão no Congresso para marcar uma reunião, que seria na última terça-feira (5), quando se encontrou também com Jucá para bater o martelo. O deputado está em tratamento contra uma sinusite e não foi a Brasília, então afirmou que se encontraria com FBC quando Raul Henry retornasse. Fernando Bezerra Coelho confirmou que a conversa deverá ser na próxima semana, em Brasília ou Recife.



PUBLICIDADE
FECHAR