12/08/17
reservatorio-botafogo-compesa
reservatorio-botafogo-compesa

Banco do Nordeste pode financiar companhias de saneamento na região

12 / ago
Publicado por jamildo em Notícias às 14:00

Em 2018, devem ser privatizadas 18 companhias de saneamento no Brasil, no âmbito do Programa de Parcerias em Investimentos (PPI) do Governo Federal. Grande parte delas atua na Região Nordeste.

O BNB diz qaue pode ser o agente financiador de empresas privadas ou de empresas de administração pública indireta, como já vem atuando.

No caso, boa parte dos R$ 11,4 bilhões reservados pelo Banco do Nordeste para projetos de infraestrutura em 2017 pode ser aplicada no setor de saneamento, com recursos do FNE Água e FNE Infraestrutura.

No ano passado, por exemplo, foram desembolsados R$ 397,6 milhões para o setor. Para este ano, já existem quatro grandes operações em carteira, em situação de negociação, que podem atingir o montante de R$ 1,02 bilhão.

Segundo pesquisa do Etene, a Região tem 75% da população sem rede coletora de esgoto e quase 70% do esgoto coletado sem espaço algum de tratamento.

No entanto, ainda de acordo com o estudo, cada real investido no setor de saneamento representa uma economia de R$ 4,00 na área de saúde pública e ainda gera uma renda de R$ 1,19 na economia.

“Entre 2005 e 2015, obteve-se uma receita operacional de R$ 39,49 bilhões com relação às operações das obras já instaladas de saneamento. O montante gerou 135,1 mil empregos diretos por ano.

Comissão de Desenvolvimento Econômico debate futuro da Compesa nesta segunda

A Comissão de Desenvolvimento Econômico da Alepe promove, nesta segunda (14), audiência pública para debater o futuro da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), por solicitação da deputada Teresa Leitão (PT).

O encontro está marcado para as 9h, no Auditório Senador Sérgio Guerra.

O objetivo da reunião é analisar uma possível parceria entre o Governo do Estado e empresas privadas para realizar investimentos na companhia.

Foram convidados para o debate os secretários estaduais de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Raul Henry, e de Planejamento, Márcio Stefanni, e o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Também estarão presentes representantes do Sindicato dos Urbanitários e ONGs do setor de meio ambiente.

 



PUBLICIDADE
FECHAR