19/maio
Foto: Beto Barata/Presidência da República
Foto: Beto Barata/Presidência da República

Delator da JBS aponta pagamentos de R$ 15 milhões a Temer

19 / maio
Publicado por Camila Souza em Notícias às 12:56

Um dos delatores da JBS, Ricardo Saud, disse que o presidente Michel Temer (PMDB) teria recebido valores próximos a R$ 15 milhões em pagamentos de vantagens indevidas em 2014. De acordo com o portal UOL, a quantia teria como contrapartida atuação favorável aos interesses do grupo J&F, controlador do frigorífico JBS. O Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou o sigilo nesta sexta-feira (19).

Durante os depoimento, que também foram feitos por um dos donos da JBS, Joesley Batista, apontam “solicitação de vantagem indevida por parte do atual presidente, bem como do deputado federal Rodrigo da Rocha Loures (PMDB-PR), no montante de 5% do lucro obtido com o afastamento do monopólio da Petrobrás no fornecimento de gás a uma das empresas do grupo.

Veja na íntegra conteúdo de vídeos da delação da JBS

Vídeo 1

Vídeo 2

Vídeo 3

Na delçaõa também aponta que “haveria solicitação de outros valores relacionados à atuação em benefício do grupo empresrial J&F no tocante ao destravamento das compensações de créditos de PIS/CONFINS com débitos do INSS”.

Joesley e Saud ainda apontam pagamentos de forma corrente em favor de Roberta Funaro, como suporte financeiro em razão da prisão de seu irmão, o doleiro Lúcio Bolonha Funaro, tido como operador do PMDB no esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Lava Jato.



PUBLICIDADE
FECHAR