19/maio
Foto: André Nery  / JC Imagem
Foto: André Nery / JC Imagem

Alvo de processo disciplinar, vice-presidente da ACS-PE alega estar com problemas mentais

19 / maio
Publicado por Cássio Oliveira em Notícias às 21:39

Os líderes da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), os cabos da PM Albérisson Carlos e Nadelson Leite, presidente e vice-presidente da entidade de classe, respectivamente, são alvos de três processos administrativos disciplinares (PADs) na Corregedoria Geral da SDS, por afronta ao Comando-Geral da corporação e incitação à greve, no final de 2016.

Nesta semana, profissionais que trabalham na análise desses processos se surpreenderam com um pedido de insanidade mental apresentado por Nadelson Leite. A informação foi confirmada por fonte consultada pelo Blog.

Ainda nos bastidores, a informação é de que o pedido dificilmente será deferido pela Corregedoria, pois há um entendimento de que ele teria trabalhado pelo movimento paredista na corporação.

“O pedido é um recurso protelatório, como forma de provocar a instauração de uma comissão para exame psicotécnico”, disse uma fonte da segurança.

Também está sendo analisada a procedência do pedido de licença médica apresentado. Os PADs contra os líderes preveem punição de exclusão da PM e deverão ser concluídos até junho.

Ainda de acordo com a fonte, na próxima semana, serão publicadas as punições disciplinares para quatro policiais militares com participação na chamada Operação Padrão. As punições variam de 21 a 27 dias de prisão. Ao todo, 40 policiais respondem a PADs por participação no movimento, deflagrado em dezembro do ano passado.

Procurada pela reportagem, a assessoria da ACS-PE afirma que Nadelson está sendo acompanhado por médicos.



PUBLICIDADE
FECHAR