13/dez

Notícias de uma África esquecida no relato de um pernambucano desgarrado

13 / dez
Publicado por jamildo em Notícias às 10:49

Por – Fábio Barbosa

Caro Jamildo e Carol,

Seu blog há muito que ultrapassou as fronteiras das 250 milhas maritimas brasileiras (e olha que o pré-sal está a 300 milhas naturalmente em águas internacionais);

Daqui de Angola sou leitor assiduo, me inteirando das noticias que você manda da nossa terrinha.

Por aqui somos cerca de 30 mil brasileiros trabalhando na recosntrução de um país devastado pela guerra, pela intolerância e pela corrupção.

Na próxima semana segue dois voos da companhia local TAAG diretamente para Recife (cerca 5:30 h contra as 7:30 para o Rio ou São Paulo) voos fretados por companhias brasileiras de construção pesada, os chamados voos da alegria levando operários para passar o natal com as suas familias.

Nota-se que a imprensa brasileira ainda não descobriu a África.

Descontando dois ou três jornalistas que conseguem vir uma vez por ano ao continente para uma série de quatro ou cinco reportagens sobre temas específicos e em países específicos (em geral a convite de empresas brasileiras com negócios aqui), tudo o que se publica no Brasil sobre a África é tradução de jornais, revistas e agências internacionais, já as noticias divulgadas na imprensa local não possuem caratér jornalistico e apenas refletem a opinião dos governos locais que as controlam.

Entendo que com isso o público brasileiro acaba por lê as poucas matérias com o viés europeu ou norte-americano, cujos interesses na África são completamente diferentes dos nossos. Acredito que o principal motivo para que não se tenha correspondentes fixos aqui é o custo de vida. Aqui, tudo é bem mais caro. (Luanda por exemplo é a cidade mais cara do mundo para os expatriados);

A comunidade Pernambucana por aqui é muito numerosa, resgatando os laços de passado entre os nossos povos (vale lembrar que os locais são extremamente xenofobistas) e o complexo de inferioridade ainda impera por aqui;

Espero sempre que possivel colaborar com esse importante veiculos de comunicação com noticias daqui de Luanda

Fábio Barbosa
Kilamba Kiaxi, Luanda
República de Angola


FECHAR