publicidade
16/04/18
Não grite. Gritar é sempre ruim para a voz, já que se coloca uma grande pressão sobre o delicado revestimento de suas pregas vocais (Foto ilustrativa:  Freepik)
Não grite. Gritar é sempre ruim para a voz, já que se coloca uma grande pressão sobre o delicado revestimento de suas pregas vocais (Foto ilustrativa: Freepik)

Pigarro, rouquidão e fumo: saiba por que eles são sinais de alerta para problemas na voz

16 / abr
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 16/04/2018 às 11:21

O tema central da campanha de 2018, em alusão ao Dia Mundial da Voz (16 de abril), é Em todos os ciclos da vida, seja amigo da sua voz!. Pela voz, manifestamos nossos pensamentos, intenções e emoções. O uso da voz é fundamental na profissão, na escola e nas interações sociais.

Leia também:

Praça do Derby sedia o Plantão da Voz nesta segunda; casos de rouquidão e pigarro recebem atendimento

A campanha incentiva homens e mulheres, crianças, adultos e idosos a observarem a saúde vocal e a manterem hábitos saudáveis de voz. Ainda assim, é comum que as pessoas cometam abusos vocais, fumando, gritando, bebendo ou usando a voz profissionalmente sem qualquer cuidado ou técnica.

Orientações para um boa saúde bucal

1. Hidrate-se. Beber muita água durante todo o dia é a melhor maneira para se manter hidratado

2. Não grite. Gritar é sempre ruim para a voz, já que se coloca uma grande pressão sobre o delicado revestimento de suas pregas vocais

3. Utilize um microfone para falar em público. Quando você é convidado para falar em público, especialmente em uma grande sala ou ao ar livre, use um microfone. A amplificação permite falar no volume de conversação, mas ainda assim chegar a todo o público

4. Aqueça sua voz. Aquecer a voz não é apenas para os cantores, já que ajuda a voz durante a fala do dia a dia

5. Não pigarreie. O pigarro funciona como bater ou golpear as pregas vocais em conjunto. Em vez de limpar a garganta, tomar um pequeno gole de água ou engolir saliva para saciar o desejo

6. Não fume. O fumo é, provavelmente, a pior coisa que você pode fazer para que sua voz. A fumaça é algo que provoca danos permanentes aos tecidos das pregas vocais e é o primeiro fator de risco para o câncer de laringe (pregas vocais)

7. Não realize competição sonora. Quando você está em um lugar com ruídos de fundo, você não percebe o quão alto você pode estar falando. Preste atenção em como sua garganta se ressente nestas situações, pois muitas vezes há uma sensação de ressecamento e irritação antes de notar o esforço vocal que você está fazendo

8. Tenha uma boa respiração. Fale devagar e pronuncie bem as palavras

9. Seja um bom ouvinte. Se você ouvir a sua voz rouca, não se esqueça de descansar tanto quanto possível. Forçar a voz quando você tem laringite pode levar a mais problemas vocais sérios

10. Se a sua voz é rouca persistente, procure a avaliação de um otorrinolaringologista e de um fonoaudiólogo

Saiba mais

A Campanha da Voz é promovida pela Liga Pernambucana de Atenção à Saúde Vocal, formada por fonoaudiólogos dos departamentos de Fonoaudiologia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap), da Fundação de Ensino Superior de Olinda (Funeso), do Hospital das Clínicas (HC) da UFPE, do Hospital dos Servidores do Estado e do Hospital do Câncer de Pernambuco (HCP). A ação também conta com o apoio do Conselho de Fonoaudiologia e da Sociedade Pernambucana de Otorrinolaringologia, do Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa), Santa Joana, da Prefeitura do Recife e da Prefeitura de Caruaru.


FECHAR