publicidade
14/11/17
Estudo demonstra que Tresiba (insulina degludeca) reduz as taxas de hipoglicemia grave em pessoas com diabetes tipo 2 (Foto: tresibapro.com)
Estudo demonstra que Tresiba (insulina degludeca) reduz as taxas de hipoglicemia grave em pessoas com diabetes tipo 2 (Foto: tresibapro.com)

Diabetes: Rede pública de Pernambuco distribuirá nova insulina com ação prolongada

14 / nov
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 14/11/2017 às 11:47

No próximo ano, as pessoas que vivem com diabetes em Pernambuco terão à disposição, na rede pública de saúde, a insulina degludeca (Tresiba, nome comercial), de longa duração. O anúncio, feito neste Dia Mundial da Diabetes, vem da Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES). “Atualmente, já está sendo realizado o processo de compra de Tresiba, que deve estar disponível em 2018. Importante destacar que essa insulina não faz parte do rol de medicamentos disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas, para beneficiar os pacientes que não respondem à insulina glargina (Lantus, nome comercial, também de longa duração como Tresiba), o Governo de Pernambuco garante mais esse insumo”, diz a SES, em nota.

Assista ao programa Casa Saudável, na TV JC, sobre diabetes:

Leia também:

Mulheres com diabetes têm quase 10 vezes mais chances de ter doença cardíaca

Cerca de 205 milhões de mulheres têm diabetes no mundo, alerta OMS

A secretaria informa que, desde 2014, o Estado incorporou à Farmácia de Pernambuco o programa de insulina, que “atualmente distribui cinco tipos desse medicamento considerados mais complexos. Essas insulinas são indicadas para pacientes que não respondem ao tratamento com as insulinas convencionais, repassadas pelo Ministério da Saúde aos municípios.”

Atualmente, a insulina de ação prolongada oferecida pela Farmácia de Pernambuco é a Lantus, que está em falta. Pacientes se queixam que estão há três meses sem recebê-la. Em nota, a SES diz que já finalizou o processo de compra da Lantus, que tem previsão de ser entregue pelo fornecedor ao Estado até a próxima semana. “O abastecimento será para quatro meses”, acrescenta a SES.

Saiba mais

A insulina degludeca (Tresiba, nome comercial) é de longa duração, com ação de pouco mais de 24 horas. É utilizada sempre uma vez ao dia, podendo variar o horário de aplicação. O estudo Devote, que compara duas insulinas basais de longa duração (degludeca 100 U/mL e glargina U100), em adultos com diabetes tipo 2 e alto risco de doença cardiovascular, demonstrou redução das taxas de hipoglicemia grave em pessoas com a doença.

Os resultados preliminares do estudo, que envolveu 7.637 pessoas com diabetes tipo 2 acompanhadas por aproximadamente dois anos (sendo 303 brasileiros, em 10 centros de pesquisa), foram publicados na revista científica New England Journal of Medicine. Os resultados mostraram uma redução significativa na taxa de hipoglicemia grave (40%) e noturna (53%) com a insulina degludeca.

“No estudo Devote, a insulina degludeca mostrou reduções significativas nas taxas de hipoglicemia grave e noturna, além de não demonstrar aumento no risco de eventos cardiovasculares maiores em comparação com insulina glargina U100”, afirmou o médico Bernard Zinman, do Instituto de Pesquisa Lunenfeld-Tanenbaum, do Mount Sinai Hospital, em Toronto (Canadá) e membro do Comitê Diretor de Devote. “O risco de hipoglicemia grave e doença cardiovascular são preocupações importantes para pessoas com diabetes tipo 2”, acrescenta.


FECHAR