publicidade
10/10/17
Plataforma digital compilação de todos os direitos legais do paciente, incluindo isenções fiscais, liberação para saque do FGTS e acesso ao tratamento
Plataforma digital compilação de todos os direitos legais do paciente, incluindo isenções fiscais, liberação para saque do FGTS e acesso ao tratamento

Câncer de mama: plataforma digital tira dúvidas sobre direitos das mulheres com a doença

10 / out
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 10/10/2017 às 15:26

Informações sobre cuidados com a saúde, estímulo à prática de exercícios físicos, incentivo à realização regular da mamografia e outros exames de imagens são apresentados na plataforma digital Movimento pela Vida (movimentopelavida.com.br). O site é um dos destaques da campanha de conscientização sobre câncer de mama da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) e do Grupo Oncoclínicas, do qual faz parte a unidade no Recife.

Leia também:

Volta ao mundo documenta histórias de mulheres com câncer; curta-metragem será lançado no Recife

‘O câncer de mama não é o centro da minha vida’, diz advogada ao compartilhar experiências contra doença

A página também exibe vídeos e uma compilação de todos os direitos legais do paciente, incluindo isenções fiscais, liberação para saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e acesso ao tratamento. “O primeiro e principal passo para vencermos o câncer de mama é o conhecimento. Temos que maximizar a exposição das informações para que, cada vez mais, as mulheres e a população em geral tenham o poder de combater essa doença. Por isso, através das ações de mobilização em mídias sociais e atividades nas ruas, queremos gerar um real movimento em prol da vida”, afirma o coordenador científico do Grupo Oncoclínicas, Raphael Brandão.

Para o presidente da SBM, Antonio Luiz Frasson, é também essencial apoiar os pacientes na luta pelos seus direitos, como maior acesso à mamografia e diminuição do tempo entre o diagnóstico e o início do tratamento. “Devemos lembrar que o Brasil conta com uma legislação específica que prevê que todo paciente com câncer inicie o tratamento no prazo de 60 dias após o diagnóstico”, destaca o mastologista.


FECHAR