publicidade
08/10/17
Uma criança obesa acumula risco de desenvolver mais doenças crônicas (Foto ilustrativa: Pixabay)
Uma criança obesa acumula risco de desenvolver mais doenças crônicas (Foto ilustrativa: Pixabay)

Cerca de 11 milhões de crianças brasileiras devem estar com excesso de peso em menos de 10 anos

08 / out
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 08/10/2017 às 10:06

Os endocrinologistas estão preocupados com o aumento, na infância, de casos de obesidade, que coloca a saúde dos pequenos em perigo imediato. Eles alertam sobre os riscos do excesso de peso – condição que deve atingir 11,3 milhões de crianças no País em 2025, se ações de prevenção continuarem a ser ignoradas.

Obesidade na infância foi um dos assuntos debatidos durante o programa Casa Saudável, na sexta-feira (6), na TV JC. Confira: www.tvjc.com.br (Foto: Roberta Salles/TV JC)

Na quinta-feira (12), logo após o Dia Mundial da Obesidade (11), a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia/Regional Pernambuco (SBEM/PE) realizará atividades educativas no Marco Zero, no Bairro do Recife, pela manhã.

Leia também:

Obesidade pode interferir na aprendizagem das crianças, aponta estudo

Mundo tem mais de 100 milhões de crianças com obesidade; cenário preocupa especialistas

“Na infância, os hábitos apreendidos são difíceis de ser modificados na vida adulta. Os problemas associados à obesidade não ocorrem do dia pra noite. Portanto, quem logo começa a se expor ao excesso de peso acumula placas de gordura nos vasos do coração e do cérebro desde os primeiros anos de vida. As placas se obstruem mais cedo”, avisa a endocrinologista Maria Amazonas, diretora da SBEM/PE.

A hora de agir é agora, com medidas capazes de frear um dos maiores problemas de saúde pública.

Assista ao programa, na TV JC, sobre obesidade:


FECHAR