publicidade
07/09/17
A campanha Setembro Amarelo busca conscientizar a população sobre a importância da identificação e tratamento corretos dos transtornos mentais, o que traria impacto na redução das mortes por suicídio (Foto: Pixabay)
A campanha Setembro Amarelo busca conscientizar a população sobre a importância da identificação e tratamento corretos dos transtornos mentais, o que traria impacto na redução das mortes por suicídio (Foto: Pixabay)

No Recife, projeto Cinema no Hospital aborda a prevenção ao suicídio; entrada é gratuita

07 / set
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 07/09/2017 às 20:34

O projeto Cinema no Hospital, do Hospital Agamenon Magalhães (HAM), no Recife, abraça a campanha Setembro Amarelo, que busca conscientizar a população sobre a importância da identificação e tratamento corretos dos transtornos mentais, o que traria um impacto direto na redução das mortes por suicídio.

Leia também:

Prevenção ao suicídio: Pfizer e CVV lançam videocase para romper estereótipos associados à depressão

Prevenção ao suicídio: entenda por que é urgente quebrar o silêncio

Na segunda-feira (11), a partir das 9h, para debater sobre o tema, será exibido  a série Giga, do cineasta paraibano Taciano Valerio, que estará presente. O material foi produzido para a Lume Channel, canal online de material independente. A exibição é indicada para o público a partir dos 16 anos. A entrada é gratuita.

O Hospital Agamenon Magalhães fica na Estrada do Arraial, 2.723, Casa Amarela, Zona Norte do Recife.

Saiba mais

A Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP promove anualmente a campanha Setembro Amarelo, com o objetivo
principal de informar corretamente a população acerca da prevenção do suicídio. Em 2016, a campanha atingiu mais de 50 milhões de pessoas em todo o País, chamando a atenção para esta triste realidade por meio de caminhadas, simpósios, palestras e colaboração com a imprensa.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), quase um milhão de pessoas morrem por suicídio anualmente, o equivalente a uma morte a cada 40 segundos. No Brasil, de acordo com os números do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde, ocorrem, em média, 32 mortes por suicídio diariamente.

Diversos estudos apontam que aproximadamente 100% das mortes por suicídio estão associadas a um transtorno psiquiátrico. Para contribuir para a redução desses números alarmantes, a campanha Setembro Amarelo busca conscientizar a população sobre a importância da identificação e tratamento corretos dos transtornos mentais, o que traria um impacto direto na redução das mortes por suicídio.


FECHAR