publicidade
16/abr
A meta é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário. O Dia D da campanha acontecerá no dia 13 de maio (Foto: Guga Matos / JC Imagem)
A meta é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário. O Dia D da campanha acontecerá no dia 13 de maio (Foto: Guga Matos / JC Imagem)

Campanha de vacinação contra a gripe no Recife começa nesta segunda-feira

16 / abr
Publicado por Malu Silveira em Blog - 16/04/2017 às 17:00

Um alerta para os recifenses. Começa nesta segunda-feira (17) a campanha de vacinação contra a gripe na capital pernambucana. Durante a primeira semana da mobilização, dentro da 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza, apenas os profissionais de saúde serão imunizados. Em seguida, os demais grupos prioritários receberão a vacina, que deve estar disponível em todas as unidades de saúde da família (USFs), incluindo as Upinhas, unidades básicas tradicionais e policlínicas da gestão municipal. A meta é vacinar pelo menos 90% de cada um deles. O Dia D da campanha acontecerá no dia 13 de maio.

Leia também:
» Confira 7 mitos e verdades sobre a gripe H1N1
» H1N1: Tire suas dúvidas sobre as complicações respiratórias relacionadas aos vírus da influenza
» Pacientes com doenças cardiovasculares são mais predispostos a complicações por gripe
» H1N1: Confira orientações para prevenção da infecção pelos vírus da influenza

O público-alvo da campanha é formado pelas crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, indivíduos maiores de 60 anos, indivíduos de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (comorbidades) e professores das redes pública e privada.

A vacina garante proteção contra três tipos de vírus (H1N1, H3N2 e B). “É durante o período chuvoso, no inverno, que aumentam os casos de gripe, por isso, a vacinação é extremamente importante, já que o agravamento da doença nesses grupos pode levar à morte”, explica o secretário de Saúde do Recife, Jailson Correia. No último ano, 406 mil doses foram aplicadas na capital pernambucana.

A doença

Também conhecida como gripe, é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-condicionadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.


FECHAR