publicidade
05/out
Mutirão de visão gratuito no Hospital das Clínicas da UFPE é destinado a pessoas com diabetes  (Foto: Free Images)
Mutirão de visão gratuito no Hospital das Clínicas da UFPE é destinado a pessoas com diabetes (Foto: Free Images)

Hospital das Clínicas da UFPE promove mutirão para detectar retinopatia diabética

05 / out
Publicado por Cinthya Leite em Blog - 05/10/2016 às 15:28

O Serviço de Oftalmologia do Hospital das Clínicas (HC) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) promove, no próximo sábado (8/10), um mutirão para detectar a retinopatia diabética, doença que pode levar à cegueira. A ação, que é destinada especificamente a quem tem diabetes, independentemente da faixa etária, acontece das 7h às 14h, no próprio HC (acesso pela portaria 1, próximo à BR-101). Para o atendimento, basta trazer um documento de identificação com foto. Os exames serão realizados no sexto andar do hospital.

Leia também:

Metade das pessoas com diabetes tipo 2 relata ter receio de perda da visão, diz pesquisa

Pessoas com diabetes têm maior chance de se envolver em acidentes de trânsito

Durante a campanha, os pacientes serão submetidos aos exames de glicemia, pressão arterial, avaliação nutricional e ao exame de fundo de olho, um dos principais testes para a detecção de doenças oftalmológicas. Os pacientes atendidos que forem detectados com a doença serão encaminhados para tratamento no Ambulatório de Oftalmologia do HC.

O mutirão contará com a atuação de cerca de 60 pessoas entre profissionais de oftalmologia do HC, profissionais do Serviço de Endocrinologia da unidade, nutricionistas, estudantes de medicina e voluntários do Lions Clube do Recife.

De acordo com o supervisor do Programa de Residência Médica em Oftalmologia do HC, Rodrigo Lira, a campanha é importante para encurtar barreiras da assistência, servindo como uma oportunidade para levar o maior número de atendimentos oftalmológicos especializados à população. “Sendo uma doença bastante comum, temos a expectativa de que o mutirão tenha uma alta adesão da população”, diz.

SAIBA MAIS

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde, a retinopatia diabética atinge 75% das pessoas que convivem com diabetes. Segundo a chefe do Serviço de Oftalmologia do HC, Maria Isabel Lynch, a retinopatia é uma complicação causada pelo mau controle da diabetes, que compromete os capilares da retina (parte do olho humano responsável pela captação das imagens), o que pode levar à cegueira caso a doença não seja diagnosticada e tratada a tempo.

Serviço:

Mutirão para detectar retinopatia diabética
Dia: 8/10/2016
Horário: 7h às 14h
Local: Hospital das Clínicas (Os pacientes serão recebidos na portaria 1. Os exames serão realizados no sexto andar do HC)


FECHAR