publicidade
15/jul

HCor faz parceria com o Ministério da Saúde para pesquisar dieta cardioprotetora

15 / jul
Publicado por Cinthya Leite em Alimentação - 15/07/2012 às 23:16

Em várias cidades do País, percebe-se inadequação na aquisição de frutas, verduras, legumes e leguminosas (Foto: Divulgação - Site stock.xchng)

Baseado na importância e no papel da alimentação na diminuição dos fatores de risco das doenças cardíacas, o Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital do Coração (IEP/Hcor), em São Paulo, e o Ministério da Saúde desenvolveram um estudo clínico randomizado, nacional e multicêntrico, para avaliar a efetividade de um programa alimentar brasileiro cardioprotetor na prevenção de eventos cardiovasculares.

A pesquisa foi elaborada com alimentos cultivados no País, de baixo custo, valorizando diferenças culturais brasileiras e seguindo recomendações nutricionais, nacionais e internacionais para auxiliar na redução dos fatores de risco cardíaco. O projeto piloto teve início em 2011 e será concluído até o final deste ano.

“Esse programa alimentar é comparado à prática usual de prescrição dietética para pacientes com histórico de doenças cardiovasculares e fatores de risco. Além disso, avalia a redução e melhora dos mesmos, como perda de peso, diminuição da medida de circunferência da cintura, diminuição dos níveis de colesterol, de glicose e de pressão arterial”, explica o médico Otávio Berwanger, responsável pelo IEP/HCor.

Em São Paulo, ao avaliar os alimentos adquiridos exclusivamente para consumo no domicílio, percebe-se uma inadequação na aquisição das frutas, verduras, legumes e leguminosas, em contraste com a elevada obtenção de açúcares e refrigerantes.

“A alimentação equilibrada é importante para a redução dos fatores de risco e principalmente para evitar o desenvolvimento de diversas doenças. Entretanto, quando se fala em alimentação saudável ou equilibrada, a primeira ideia é de uma refeição extremamente restritiva ou até inacessível à população brasileira”, explica a superintendente de qualidade e responsabilidade social do HCor, Bernardete Weber.


FECHAR